Publicado em 9/4/2015 9:43:50 AM

Prefeito Gustavo Fruet entrega 43 moradias no Cachoeira

Com o conjunto Maringá II, gestão da Prefeitura ultrapassa marca de 7 mil moradias entregues

O prefeito Gustavo Fruet entregou, nesta quinta-feira (3), novas residências para 43 famílias que vivem em condições precárias na Vila Nori, no bairro Pilarzinho. Com a liberação do Moradias Maringá 2, a atual gestão da Prefeitura chega a marca de 7.031 residências entregues. Outras 1.591 unidades estão em construção.

Construído no bairro Cachoeira, o residencial Moradias Maringá 2 vai mudar a história de pessoas como a empregada doméstica Sueli do Rocio Pires, de 47 anos. Foram 35 anos morando à beira de um córrego com difícil acesso para casa. Problemas que agora fazem parte do passado. Ela, o filho Maikon Jonathan Pires, de 23 anos, e a neta Sara Gabriele, de 5, vão se mudar para uma das unidades do conjunto. “Apesar de morar na Vila Nori desde menina, sempre tive medo de perder o pouco que temos. Nem a boa convivência com os vizinhos me tira a alegria de ter uma casa nova em um lugar seguro”, desabafa Sueli.

“Com essa entrega, a nossa gestão está ultrapassando a marca de 7 mil moradias entregues. São 7 mil famílias que saem da insegurança de viver em áreas de risco, ou que deixam de pagar aluguel. Pela primeira vez em Curitiba, os investimentos em educação, saúde e habitação são maiores do que no sistema viário. Isso é fruto de nossa preocupação com a parcela da população que mais precisa dos serviços da Prefeitura, transformando Curitiba em uma cidade mais humana”, disse Fruet.

Diferente da maioria das ocupações irregulares de Curitiba, que se concentram em beiras de rio, a Vila Nori é uma área de morro com riscos de deslizamentos de terra que podem ocasionar desabamentos. A Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab) cadastrou no local 318 famílias, das quais 140 estão em local que não apresenta risco nem fere a legislação ambiental, portanto poderão permanecer onde estão e serão atendidas com regularização fundiária. Além das 43 famílias atendidas, outras 135 também serão transferidas para novas casas.

"Este é um empreendimento emblemático, que vai possibilitar mais investimentos do Banco Interamericano de Desenvolvimento em nossa cidade. Em meio à crise que o Pais esta enfrentando, é muito importante garantir outras fontes de recursos alem do governo federal e da Prefeitura", disse o presidente da Cohab Curitiba, Ubiraci Rodrigues.

O Moradias Maringá 2 é uma obra da Prefeitura de Curitiba executada com recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). O empreendimento, que custou R$ 3,7 milhões, tem infraestrutura completa, com redes de água, coleta e tratamento de esgoto, energia elétrica, iluminação pública e ruas pavimentadas. São 27 casas térreas e 16 sobrados, todos de dois quartos. Um destes será da moradora Roseli da Aparecida Ferreira, 43 anos.

Apesar de ter dois filhos, Jeferson Reginaldo Ferreira, de 21 anos, e Jaqueline Fátima Ferreira, de 18, ela mora sozinha porque o acesso até sua casa é muito complicado. “Não posso exigir que eles morem comigo porque a situação aqui é ruim. Morando com a minha mãe eles estão bem melhor. O dia que chove me sinto ilhada porque não consigo sair de casa”, conta Roseli. Agora está cheia de planos para a nova moradia. “Comprei um jogo de cozinha e ainda está guardado. Só vou tirar da caixa quando sair daqui”, diz.

« voltar
 

Rua Barão do Rio Branco, 45 - Centro - Curitiba - PR | CEP: 80010-180 | Fone: 0800-413233 - (41) 3221-8100

Desenvolvido por GPA'prospera