Publicado em 10/1/2015 12:35:26 PM

Idosos tem prioridade no programa habitacional do município

Empreendimentos construídos preveem cotas de destinação para idosos e pessoas com deficiência

A política habitacional de Curitiba garante atendimento prioritário para algumas parcelas da população. Para isso foi criado o sistema de cotas para idosos, portadores de deficiências e famílias em situação de vulnerabilidade social. Cada um destes segmentos tem direito a 3% das unidades ofertadas pela Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab).

As cotas são aplicadas no atendimento ao cadastro de pretendentes a imóveis populares, a chamada fila da Cohab. Já nos projetos de reassentamento de famílias que vivem em áreas de risco funciona diferente: o serviço social da companhia identifica a quantidade de famílias com idosos e pessoas com deficiência e estes são atendidos de acordo com as suas necessidades.

Quando o atendimento é feito em conjuntos de apartamentos, os idosos ficam com as unidades térreas, para evitar que precisem subir e descer escadas. O mesmo ocorre com os cidadãos com deficiência, que recebem unidades adaptadas, com rampa de acesso, portas mais largas e barras de sustentação nos banheiros. Nos empreendimentos de casas e sobrados, as duas categorias são atendidas em casas térreas, também para evitar as escadas.

Com relação aos idosos, a determinação da prefeitura segue a lei federal 10.741, que criou o Estatuto do Idoso. O artigo 38º diz que “nos programas habitacionais, públicos ou subsidiados com recursos públicos, o idoso goza de prioridade na aquisição de imóvel para moradia própria, observando reserva de 3% das unidades residenciais para o atendimento”.



 

« voltar
 

Rua Barão do Rio Branco, 45 - Centro - Curitiba - PR | CEP: 80010-180 | Fone: 0800-413233 - (41) 3221-8100

Desenvolvido por GPA'prospera