Publicado em 5/3/2016 5:08:27 PM

Vizinhos se unem para preservar conjunto habitacional

Plantio de árvores auxilia no combate ao descarte irregular de lixo e entulhos no Moradias Profetas, no Umbará

Moradores do conjunto habitacional Moradias Profetas, no bairro Umbará, participaram nesta semana do plantio de árvores e arbustos para a preservação da área ambiental existente no local. Ao todo, 70 mudas foram plantadas na Área de Proteção Permanente (APP), que fica em frente ao empreendimento, entregue pela Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab) há dois anos para famílias que foram reassentadas de área de risco no Parolin.

De acordo com os moradores, o local onde aconteceu o plantio estava sendo usado para descarte de lixo e entulhos, muitas vezes jogados pelos próprios habitantes. Porém, de uma conversa de vizinhos surgiu a ideia de mudar a paisagem que existia na região. “A gente percebeu que até ratos estavam se criando no lugar por causa do lixo acumulado. Conviver com esse tipo de animal prejudica a nossa saúde”, disse Adriel Iramar Fernandes, 29, que foi um dos incentivadores da ação.

E o cuidado tem dado certo. Segundo a dona de casa Claudete Rodrigues, 48, que viveu com o marido Adilson Carneiro dos Santos, 40, por quase cinco anos no Parolin, morar na atual residência é outra vida. “Isso aqui é uma maravilha. A gente se sente privilegiado porque além de termos nossa casa própria, todos os vizinhos se uniram pra deixar o lugar mais bonito e agradável”, diz Claudete.

Segundo o técnico ambiental e coordenador do projeto, Heryck Stanula, a conservação da área beneficia o solo, além de embelezar a paisagem local. “Foram plantados dois tipos de arbustos e árvores como aroeira, vacum e ipê amarelo. Além das árvores frutíferas: araçá, ingá, pitanga, gabiroba e gabiju”, revela.

Futuro
As crianças do conjunto também participaram, como o filho do Adriel, o pequeno Jonatan Kalel Fernandes, de oito anos, que plantou árvores pensando no futuro. “Quando elas crescerem eu vou poder colocar uma rede nelas”, diz. Para o pai do menino, a intenção é manter o local sempre conservado daqui pra frente. “O exemplo vem de nós moradores. Isso tudo é uma conquista para nós e por isso é certo a gente não sujar e não deixar que ninguém jogue lixo”, diz.

Outros moradores também fazem planos, como a dona de casa Terezinha Aparecida dos Santos, 51, que acredita que o local ainda reserva espaço para a construção de novas ideias. “Tenho uma neta de três anos e acho que um parquinho para crianças do tamanho dela seria uma maravilha. Mas também acho que uma floreira aqui vai deixar o lugar mais bonito”, conta a avó de Camile, que morou por mais de 30 anos em situação precária no Parolin. “A Camile é alérgica a fumaça, por isso morar aqui fez muito bem pra saúde dela. Fico feliz em saber que ela vai crescer tendo contato com a natureza”, revela.

Já Andriel, garante que em breve todos que chegarem ao Moradias Profetas, verão um local arborizado. “Daqui um ano vocês vão registrar um espaço tranquilo, bonito e cheio de vida”, afirma.

O conjunto
A construção do empreendimento Moradias Profetas faz parte do projeto de urbanização da Vila Parolin. O conjunto foi construído em uma área de propriedade da Cohab, com 12 mil m², onde foi mantido um bosque nativo com 1,8 mil m². Os 54 sobrados de dois quartos tem área de 43 m². O investimento na obra foi de R$ 2,7 milhões, recursos do governo federal.

“Esta comunidade está dando um ótimo exemplo de cidadania e coletividade. O poder público faz a sua parte ao construir e entregar as moradias e a população demonstra amadurecimento ao se unir para cuidar do que é deles”, diz o presidente da Cohab, Ubiraci Rodrigues.

« voltar
 

Rua Barão do Rio Branco, 45 - Centro - Curitiba - PR | CEP: 80010-180 | Fone: 0800-413233 - (41) 3221-8100

Desenvolvido por GPA'prospera