Publicado em 6/17/2016 3:26:26 PM

Cohab promove ações de combate a dengue

Iniciativa inclui limpeza de áreas e lotes, além da conscientização das famílias

A Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab) iniciou uma série de ações efetivas para combate ao mosquito transmissor da dengue. A iniciativa inclui a limpeza e roçada de áreas e lotes que possam estar vulneráveis à formação de focos de criação do Aedes Aegypt, além de um trabalho de conscientização ambiental com as famílias residentes nos entornos dessas áreas.

Com duração de seis meses, a ação conta com a articulação das nove administrações regionais e das secretarias municipais da Saúde e do Meio Ambiente. Atualmente está sendo desenvolvida por três diferentes equipes simultaneamente nas regionais CIC, Pinheirinho e Bairro Novo, para em seguida partir para as outras regionais. As demandas são oriundas de ligações recebidas pelo telefone 156 da Prefeitura de Curitiba.

Técnicos estão mobilizando a população de conjuntos habitacionais para a conscientização do descarte correto de resíduos, para que o mesmo não gere focos do mosquito transmissor da dengue, zica vírus e da febre chikungunha. De acordo com o técnico ambiental contratado para a atividade no Moradias Arroio, CIC, o projeto consiste em dois objetivos fundamentais. “A roçada, com a limpeza das áreas e a conscientização ambiental da população com a intenção de ressaltar a importância do descarte correto de resíduos orgânicos, recicláveis e eletrônicos, tudo para evitar a proliferação de doenças como a dengue e a leptospirose”, explica Ricardo Padilha.

Segundo ele, apesar das baixas temperaturas nessa época do ano, apenas a atividade reprodutiva do mosquito diminui, porém a proliferação não cessa e as larvas dos ovos já depositados podem aguardar até 450 dias para se desenvolverem e darem origem a um novo inseto. “Combater a dengue no inverno serve como prevenção, para eliminar possíveis criadouros do mosquito para que, com a chegada do verão e das temperaturas elevadas, sejam evitadas as situações tão alarmantes como as que ocorreram no início deste ano”, ressalta.

Conscientização
A auxiliar de limpeza Sirene Eloy de Assis, 58, é moradora há quase cinco anos do local e confessa que já tentou eliminar possíveis criadouros do mosquito da dengue de forma errada. “Queimei alguns pneus achando que isso acabaria com as larvas do mosquito, mas acabei de saber que o correto é retirar a água parada e entrar em contato com a prefeitura pelo 156”, revela.

O trabalho de conscientização ambiental despertou nos moradores o cuidado com a região. A costureira Geralda Mikos, 64, reuniu alguns vizinhos para a limpeza de uma área próxima que estava servindo para descarte de entulhos. “Além de ficar mais bonito, já pude observar a presença de pássaros em volta das plantas e das árvores que plantamos. Dias atrás eu quase não acreditei quando vi uma gralha azul no meio das árvores”, conta.

Já o morador e coletor de materiais recicláveis Joel Aquino da Silva, 42, uniu o útil ao agradável e resolver colocar a mão na massa para manter a frente de casa limpa e ainda fazer dinheiro. “Tirei tudo o que era reciclável e tava servindo pra criação de bichos e estou fazendo um dinheirinho. Em vista do que era antes, isso aqui melhorou bastante. O importante é a gente se unir e cuidar do que é nosso”, revela.

« voltar
 

Rua Barão do Rio Branco, 45 - Centro - Curitiba - PR | CEP: 80010-180 | Fone: 0800-413233 - (41) 3221-8100

Desenvolvido por GPA'prospera