Publicado em 4/17/2017 5:13:46 PM

Programa habitacional garante atendimento especial para pessoas com deficiência

Nos conjuntos residenciais de apartamentos construídos para atendimento à fila da Cohab, 3% das unidades são reservadas para famílias em que exista ao menos um cidadão com deficiência.

O programa habitacional de Curitiba prevê atendimento diferenciado para pessoas com deficiência. Tanto no atendimento à fila de inscritos na Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab), como nos projetos de reassentamento de famílias em situação de risco social, as pessoas com deficiência são atendidas com casas e apartamentos adaptados a suas realidades.

“A politica de atender esta parcela da população de modo especial é uma questão de justiça entre os seres humanos. É uma demonstração de respeito a quem já enfrenta muitos obstáculos impostos pela sociedade. O atendimento com moradias adaptadas garante que estas dificuldades sejam diminuídas no dia a dia do lar”, diz o prefeito Rafael Greca.

Nos conjuntos residenciais de apartamentos construídos para atendimento à fila da Cohab, 3% das unidades são reservadas para famílias em que exista ao menos um cidadão com deficiência. Nestes casos, a família tem a possibilidade de escolher uma unidade térrea, para facilitar a mobilidade. A unidade entregue é adaptada, por isso fica no térreo e possui portas maiores, além de barras de sustentação nos banheiros.

Segundo dados da Organização das Nações Unidas (ONU), aproximadamente 15% da população mundial (1 bilhão de pessoas) possui alguma deficiência. No Brasil, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), são 45 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência.

Reassentamentos

Nos projetos de reassentamento em áreas de risco, durante o processo de cadastramento das famílias, é feita a identificação do número de pessoas com deficiência, garantindo o atendimento de acordo com a demanda detectada. As unidades produzidas são adaptadas às necessidades dos moradores.

Para facilitar o acesso à casa, são construídas rampas de acesso desde o meio-fio até a porta de entrada. Outra adaptação é feita na dimensão das portas internas e externas. Todas têm 90 centímetros de largura para permitir a passagem da cadeira de rodas. O projeto inclui ainda adaptação no banheiro, que tem área maior para circulação interna e barras de sustentação nas paredes.
 

« voltar
 

Rua Barão do Rio Branco, 45 - Centro - Curitiba - PR | CEP: 80010-180 | Fone: 0800-413233 - (41) 3221-8100

Desenvolvido por GPA'prospera