Publicado em 12/6/2017 10:25:48 AM

Famílias de área de risco no Pilarzinho recebem novas casas no Cachoeira

Esse Natal será diferente para 40 famílias que vivem na Vila Nori

Esse Natal será diferente para 40 famílias que vivem na Vila Nori, uma ocupação irregular no bairro Pilarzinho. Na tarde desta terça-feira (05/12), elas receberam do prefeito Rafael Greca suas novas casas, construídas no empreendimento Moradias Maringá 1, no Cachoeira. Os moradores que conviviam com enchentes e riscos de deslizamento passarão a morar em casas seguras e regularizadas junto ao município.

“Essa é uma das obras que encontramos abandonadas quando assumimos a Prefeitura. Estive aqui e fiquei horrorizado com a situação de abandono. Aportamos dinheiro do município para concluir o empreendimento, porque não queremos deixar nenhuma obra inacabada”, ressaltou o prefeito.

O Moradias Maringá 1 vai contar ao todo com 156 famílias transferidas de situação de risco. São 94 casas térreas e 62 sobrados que já deveriam ter sido todos entregues, porém, as obras iniciadas em 2009, sofreram duas interrupções.

A primeira parada foi em 2011, e a outra em 2015, por conta do abandono das empresas que deveriam fazer os serviços. Após a retomada da construção em março deste ano, já foram entregues 61 unidades. As 95 restantes serão liberadas no primeiro semestre de 2018.

Retomada

Para o reinício da obra foram contratados R$ 8,7 milhões, recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e da Caixa Econômica, com contrapartida do município. “Além da construção das moradias, este recurso será utilizado para obras de urbanização da Vila Nori. Após a retirada das famílias, o local receberá infraestrutura, com abertura de ruas e recuperação ambiental das áreas degradadas”, explica o presidente da Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab), José Lupion Neto.

Na ocasião da entrega das moradias, as famílias assinaram os contratos de cessão de uso dos domicílios. As mudanças acontecem no decorrer desta e também na próxima semana, com o apoio e acompanhamento das equipes do serviço social da Cohab.

Assim que o caminhão parte com a mudança, as casas desocupadas são demolidas para evitar que ocorram novas ocupações irregulares que atrapalhariam as obras de infraestrutura na Vila Nori.

Casa adaptada

Entre as 40 casas entregues nesta etapa, duas são adaptadas para pessoas com cadeira de rodas. O aposentado Dacílio Pires passou anos enfrentando muita dificuldade de locomoção nos morros e becos da Vila Nori. Ele não consegue se locomover sozinho e as dificuldades impostas pelo local tornavam árdua a tarefa dos filhos em tirá-lo de casa. Uma moradia precária, com o assoalho caindo e degraus na porta de entrada.

“Para sair com ele é sempre uma batalha, pois não é fácil empurrar cadeira de rodas neste ambiente. Graças a Deus isso tudo vai ficar no passado e na casa nova a tranquilidade vai ser maior”, conta a filha, Silvia do Rocio Pires.

A casa adaptada tem rampa de acesso, portas mais largas e barras de apoio no banheiro. Tudo para garantir a inclusão das pessoas com deficiência.

Vida Nova

Tainara da Silva Maia, 22 anos, é moradora da Vila Nori desde que nasceu. Muitas histórias ficarão na lembrança, nem todas felizes. Sua casa de madeira fica colada a um córrego e ao lado do morro. Bastava uma chuva qualquer para impedir que saísse de casa.

“Como aqui é uma ladeira, a água desce e alaga tudo. Perdi três entrevistas de emprego por não ter condições de sair de casa. Como chegaria na entrevista, com a água na altura do joelho? Na casa nova não vai ter nada disso. É o dia mais feliz da minha vida”, comemora ela, que vai morar próxima às duas irmãs.

Participaram da cerimônia de entrega das casas o vereador Colpani e a administradora regional do Boa Vista, Janaína Lopes.

« voltar
 

Rua Barão do Rio Branco, 45 - Centro - Curitiba - PR | CEP: 80010-180 | Fone: 0800-413233 - (41) 3221-8100

Desenvolvido por GPA'prospera