Publicado em 3/26/2010 5:43:55 PM

Richa entrega casas para 130 famílias que viviam na margem do Barigu

Elas deixaram uma situação de risco e passaram a morar em casas de alvenaria construídas pela Cohab

O prefeito Beto Richa entregou nesta sexta-feira (26) casas do empreendimento Moradias Corbélia para 130 famílias que viviam em situação de risco, na margem do rio Barigui. As unidades foram construídas pela Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab), com recursos da Prefeitura e do governo federal. O investimento nas obras é de R$ 17,7 milhões.

“Com esta obra, estamos mudando a vida de famílias que viviam inseguras em áreas sujeitas a alagamentos. Agora, elas viverão tranquilas em um imóvel próprio, contando com toda a infraestrutura e equipamentos públicos”, disse o prefeito. A solenidade de entrega teve a presença do vice prefeito Luciano Ducci, do presidente da Cohab, Mounir Chaowiche, do administrador regional da CIC, José Dirceu de Matos, e dos vereadores Luiz Felipe Braga Cortes, Tico Kusma, João do Suco, Dirceu Moreira, Mário Celso, e Serginho do Posto.

As 130 unidades entregues fazem parte de um conjunto de 517casas e 38 sobrados que integram o projeto do Moradias Corbélia, localizado no bairro São Miguel, num terreno de 192 mil metros quadrados, na mesma área que abrigava o Clube Literário do Portão. O empreendimento foi criado para receber famílias de 12 áreas irregulares da margem do rio Barigui e integra o programa de revitalização do rio, o “Viva Barigui”, que está sendo conduzido pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente.

Esta foi a primeira etapa de reassentamento e beneficiou famílias das Vilas Nova Barigui (61), Alto Barigui (57), Recanto da Paz (3), Eldorado (3), Morro da Esperança (2), Nova República (2), Olinda (1) e Bom Menino (1) - ocupações irregulares surgidas na década de 80. Com o reassentamento destas famílias será possível fazer a recuperação ambiental de uma faixa de 50 metros ao longo do curso do rio, na região sul da cidade.

“O componente ambiental é um diferencial dos projetos de urbanização de Vilas que a Cohab está desenvolvendo em 25 dos 75 bairros da cidade”, explica o presidente da Companhia, Mounir Chaowiche. Segundo ele, os projetos, entre os quais está incluído o do Moradias Corbélia, atenderão 10,8 mil famílias - a maioria delas (6 mil) com ressentamento.

Tamanho - As unidades do Moradias Corbélia tem de um a três quartos e cada familiar, de acordo com sua composição, recebe uma unidade adequada às suas necessidades. Para elas, será uma mudança de condição, pois passarão a morar em casas de alvenaria, em um empreendimento regular do programa habitacional do município, com direito garantido a uma escritura.

A auxiliar de cozinha Silvana Machado conhece bem as desvantagens de morar próximo ao rio. Ela estava na Vila Alto Barigui e, em cinco anos no local, enfrentou várias enchentes. A maior delas foi em 2007, quando perdeu tudo que tinha: a casa e os móveis. Teve que reconstruir a unidade (com o cuidado de erguê-la a um metro e meio do chão) e comprar todos os móveis novamente. Agora, no Moradias Corbélia, ela está feliz, “porque o pesadelo acabou”. Na casa nova, ela pode planejar uma vida nova, junto com o marido e os dois filhos.

Eva Mendes de Lima, vizinha de Silvana na Vila e agora novamente no Corbélia, lembra que vivia com medo. Era só o céu escurecer para ela se encher de temores. Perdeu a conta do número de enchentes que enfrentou em 10 anos. Para ela, mudar de casa “foi uma benção”. Por isso, estava tão ansiosa esperando a mudança que, na véspera, nem conseguiu dormir à noite. Quando chegou a hora tão esperada, teve sorte: o prefeito Beto Richa ajudou a descarregar o caminhão que levou seus pertences até a nova morada.

O Moradias Corbélia ocupa a mesma área que serviu de sede campestre para um clube e, por isso, o local conta com uma infraestrutura esportiva que foi preservada e, depois, servirá à comunidade. O loteamento terá também uma escola e uma creche, que estão em obras, e receberá ainda uma unidade de atendimento da Fundação de Ação Social (FAS). Os equipamentos, implantados pelo município, representam um investimento adicional de R$ 2,6 milhões. Além das 130 unidades entregues, o Moradias Corbélia tem 425 casas em obras. A medida que elas ficarem prontas, novas famílias serão reassentadas no local.

Para realizar o reassentamento, a Cohab colocou a disposição das famílias transporte e auxílio de mão de obra. A Fundação de Ação Social forneceu refeições aos reassentados. As equipes dos Departamentos Imobiliário, Obras, Serviço Social e Administrativo da Companhia deram apoio às famílias. 
   

« voltar
 

Rua Barão do Rio Branco, 45 - Centro - Curitiba - PR | CEP: 80010-180 | Fone: 0800-413233 - (41) 3221-8100

Desenvolvido por GPA'prospera