Publicado em 7/28/2010 5:21:52 PM

Mutirão da Cohab vai entregar 280 moradias em 10 dias

Unidades habitacionais vão atender moradores que vivem em situação de risco social e famílias cadastradas na Cohab

O mês de agosto será marcado pela entrega de 280 moradias construídas pela Companhia de Habitação Popular (Cohab), em quatro bairros da cidade. As unidades vão atender famílias cadastradas na companhia e principalmente moradores de áreas de risco que serão reassentados.

“Habitação está entre as prioridades de nossa gestão, pois possibilitar imóvel próprio para as famílias faz com que estas pessoas tenham a auto-estima elevada e sintam-se melhores cidadãos”, afirma o prefeito Luciano Ducci.

As 280 unidades que serão entregues estão distribuídas em quatro empreendimentos, dos quais dois são destinados ao reassentamento de famílias que vivem em áreas de risco na beira de rios das bacias do Iguaçu e do Barigui.

“Temos uma grande preocupação em possibilitar vida digna para as pessoas que moram em locais insalubres. Por isso aceleramos o andamento das obras e em 10 dias entregaremos 280 novas casas para atender tanto moradores de ocupações quanto pessoas inscritas na fila”, diz o presidente da Cohab, João Elias de Oliveira.

No Moradias Alexandra, no Cajuru, serão entregues 38 casas para famílias oriundas da Vila Menino Jesus e no Moradias Ibaiti haverá a entrega de outras 29 casas, para moradores das ocupações irregulares Vila Bom Menino e Vila Sandra.

São pessoas que moram em locais de rico social, que sofrem com as enchentes, com os ratos, mau-cheiro e também a discriminação. Esta ação da Cohab vai possibilitar um novo modo de vida para estas famílias, em moradias seguras, regularizadas e com infraestrutura.

“As ações de reassentamento são benéficas para quem recebe a casa e também para os rios, que posteriormente serão revitalizados. Ao mesmo tempo estamos trabalhando importantes questões sociais e ambientais. Quem ganha com isto é a cidade toda”, diz João Elias.

Após a saída das famílias, os barracos serão demolidos e as margens dos rios, recuperadas. Para impedir novas ocupações, os espaços ganharão ciclovia, canchas esportivas e equipamentos de recreação.


Atendimento à fila
Os outros dois empreendimentos têm como finalidade o atendimento a famílias da fila da Cohab: 117 casas no Moradias Monteiro Lobato I, no Tatuquara e 96 apartamentos no Residencial Riviera, no Sítio Cercado. As casas atenderão famílias com renda de até um salário mínimo e os apartamentos são para moradores com rendimentos entre três e quatro salários.

No Moradias Monteiro Lobato, 90% das famílias têm uma mulher como única provedora, com renda de até um salário mínimo. Para ingressar nas unidades, as famílias assinaram com a Cohab um contrato de concessão não onerosa de uso e terão carência de um ano até o início do pagamento das prestações. O valor mensal a ser pago será adequado à renda de cada família.

“A entrega destas casas demonstra a prioridade dada ao atendimento dos mais carentes e também evidencia a preocupação da Prefeitura com a situação de vulnerabilidade social das mulheres que são as únicas provedoras de suas famílias”, diz o prefeito Luciano Ducci.

Recursos
Para a construção das 117 casas no Tatuquara foram investidos R$ 1,64 milhões - recursos do governo federal e da Prefeitura de Curitiba, por meio da linha de financiamento conhecida como Resolução 518.

Já os 96 apartamentos do Sítio Cercado foram construídos com investimentos de R$ 3,65 milhões, pelo Programa de Arrendamento Residencial (PAR), do governo federal.

O Moradias Ibaiti e o Moradias Alexandra fazem parte do programa municipal de urbanização de ocupações irregulares. No primeiro, localizado no CIC, foram investidos R$ 780 mil, da Prefeitura e do PAC/Pró-Moradia. No Alexandra, os recursos investidos chegam a R$ 2,52 milhões, também da Prefeitura e PAC/Pró-Moradia – programa que utiliza recursos do FGTS.

“São mais dezenas de famílias que deixam lugares de risco na beira de rios para viver com maior conforto em casas de alvenaria. Ao todo, o programa está atuando em 43 vilas, com benefícios para 12 mil famílias”, explica Luciano Ducci.


 

« voltar
 

Rua Barão do Rio Branco, 45 - Centro - Curitiba - PR | CEP: 80010-180 | Fone: 0800-413233 - (41) 3221-8100

Desenvolvido por GPA'prospera