Publicado em 8/6/2010 3:29:55 PM

Projetos da Cohab são pré-aprovados para o PAC-2

Obras visam atender 3,1 mil famílias, das quais 2,2 mil vão receber casas novas

A Prefeitura de Curitiba obteve do governo federal aprovação prévia para seis projetos para receber recursos da segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento - o PAC 2. Cinco propostas são da área de habitação e beneficiam 3,1 mil famílias, e uma proposta é da área de saneamento, para desassoreamento do rio Barigui e construção de reservatórios para contenção de cheias.
"A conquista destes recursos vai garantir a continuidade do programa de urbanização de ocupações irregulares e de recuperação das margens de rios. Com isso, estaremos combinando atuação social com proteção e recuperação ambiental", afirma o prefeito Luciano Ducci.

Seis projetos encaminhados pela Prefeitura ao Ministério das Cidades receberam a pré-aprovação. Os técnicos envolvidos com os projetos de Curitiba, da Companhia de Habitação Popular (Cohab) e da Secretaria Municipal de Obras Públicas (Smop), participaram esta semana de reunião com o comitê gestor do PAC em Brasília, e devem voltar à capital federal para um novo encontro no próximo dia 17, quando será feita a seleção final dos projetos de todo o país.

Foram credenciados três projetos de reassentamento. O primeiro deles refere-se a ocupações na margem da rodovia do Xisto e do rio Barigui, e também a vilas próximas ao ribeirão dos Padilha. O outro projeto abrange as ocupações Vilas Nossa Senhora da Paz, Santos Andrade e José Baggio, e o terceiro beneficia as Vilas Nova Aurora, Americana e Coqueiros.

Dois projetos são de melhorias e recuperação habitacional na Vila Torres e no conjunto Moradias Monteiro Lobato, coordenados pela Cohab. A última proposta pré-aprovada é da Secretaria de Obras e prevê o desassoreamento de 42 quilômetros da calha do Rio Barigui e a construção de 10 quilômetros de diques e três reservatórios de amortecimento de cheias.

Investimentos

Os cinco projetos da Cohab pré-aprovados pelo comitê gestor do PAC 2 envolvem investimentos de R$ 13,6 milhões, que irão atender 3.131 famílias. Destas, 2.200 receberão casas novas e 961 serão contempladas com obras de urbanização e melhorias habitacionais no próprio local onde vivem. Entre os 2,2 mil reassentamentos, estão incluídas 1.461 famílias que vivem hoje na beira de rios.

Para complementar os recursos necessários ao atendimento das famílias, serão utilizados também mais R$ 99 milhões do programa Minha Casa Minha Vida, o que eleva o total de recursos aplicados nos cinco projetos de habitação a R$ 112,6 milhões.  Já os investimentos em saneamentos propostos pela Smop chegam a R$ 164,5 milhões.

 

« voltar
 

Rua Barão do Rio Branco, 45 - Centro - Curitiba - PR | CEP: 80010-180 | Fone: 0800-413233 - (41) 3221-8100

Desenvolvido por GPA'prospera