Publicado em 8/11/2010 4:01:42 PM

Operação limpeza na beira do Barigui após retirada de famílias

Equipes da Cohab e da SMMA fazem o trabalho de educação ambiental com as famílias, para evitar que a área limpa receba novo despejo de entulhos

A Prefeitura retirou num só dia 20 toneladas de lixo e entulho da margem do rio Barigui, no trecho entre as ruas Ivo Zanlorenzi e Heitor de Alencar Furtado, no Mossunguê, onde estão sendo retiradas 27 famílias para reassentamento no Moradias Ibaiti, na CIC.
A operação de limpeza foi iniciada logo após a saída das primeiras famílias, na terça-feira (10), e continua nesta quarta-feira (11).

"A limpeza das áreas é uma operação de rotina, após a saída das famílias das margens dos rios. Depois, a faixa de preservação do rio, que normalmente encontra-se muito degradada, será recuperada, com o plantio de árvores e grama, para recompor a condição natural do terreno", explica o prefeito Luciano Ducci.
 

As famílias reassentadas são da Vila Bom Menino, uma das 43 áreas de ocupação irregular da cidade que integram o programa de urbanização da Prefeitura. O programa atende cerca de 13 mil famílias e, destas, 5,4 mil estão saindo das margens de rios.

A operação de retirada de lixo da margem do Barigui envolve 21 funcionários do Departamento de Limpeza Pública da Prefeitura e inclui, numa segunda etapa, a demolição das casas onde moravam as famílias reassentadas, para evitar que a faixa de preservação do rio seja ocupada novamente. Este trabalho é feito por equipe contratada pela Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab).

No caso da Vila Bom Menino, a grande quantidade de lixo e entulho retirada pode ser explicada pela concentração, na quadra onde foi feito o reassentamento, de famílias que têm na coleta de material reciclável a sua fonte de sustento. São 17 famílias que dependem desta atividade e que, no novo local de moradia, serão integradas ao programa Eco Cidadão.

Junto com a limpeza da margem do rio, equipes da Cohab e da SMMA fazem o trabalho de educação ambiental com as famílias, para evitar que a área limpa receba novo despejo de entulhos. "A orientação é para que os moradores que permanecem na Vila não joguem lixo na faixa de preservação e no próprio rio, pois esta atitude traz prejuízos ao meio ambiente e acaba atraindo ratos e insetos, além de contribuir para a ocorrência de enchentes e alagamentos", diz o diretor do Departamento de Limpeza Urbana, Nelson Xavier.

O presidente da Cohab, João Elias de Oliveira, ressalta outro aspecto importante do trabalho de conscientização desenvolvido com as famílias, que visa evitar uma nova ocupação da margem do rio. "Mantemos uma fiscalização freqüente nas áreas desocupadas e esperamos contar com a colaboração dos moradores para manter o local livre, pois uma nova ocupação faria o programa de urbanização de vilas voltar à estaca zero", explica.

 

« voltar
 

Rua Barão do Rio Branco, 45 - Centro - Curitiba - PR | CEP: 80010-180 | Fone: 0800-413233 - (41) 3221-8100

Desenvolvido por GPA'prospera