Publicado em 11/11/2010 2:45:47 PM

Prefeito entrega apartamentos a 152 famílias

As unidades estão localizadas na CIC e beneficiam famílias que têm renda entre três e quatro salários mínimos

O prefeito Luciano Ducci entregou nesta quinta-feira (11) apartamentos do Residencial Orquídeas, na CIC, para 152 famílias que estavam inscritas no cadastro da Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab). As unidades foram construídas por meio de parceria entre a Prefeitura e a Caixa Econômica Federal e beneficiaram inscritos com renda entre três e quatro salários.

“Com mais esta entrega, o programa habitacional do município abriga novas famílias, que terão a oportunidade de morar melhor, em local que conta com uma boa infraestrutura. Próximo ao Residencial há equipamentos como creche, unidade de saúde e Armazém da Família. Além disso, os moradores terão em breve uma opção de lazer e esporte, com a entrada em funcionamento do Clube da Gente CIC”, disse o prefeito.

A entrega do Residencial Orquídeas teve a presença do presidente da Cohab, João Elias de Oliveira, da presidente Curitba S.A, Viviane Machado, do superintendente regional da Caixa em Curitiba, Hermínio Basso, do administrador regional da CIC, José Dirceu de Matos, e dos vereadores João do Suco e Dirceu Moreira.

A gerente de vendas Jocilene Alvim dos Santos, 34 anos, falou em nome dos moradores na solenidade. Com dois filhos, ela estava pagando aluguel por uma imóvel no Sítio Cercado. “Estou feliz porque a partir de agora estou construindo um patrimônio e dando mais segurança para minha família”, disse ela, emocionada.

O casal Eli Carlos Santos, 22 anos, e Beatriz Orlikoski, 24, também vai trocar o aluguel pela casa própria. E com uma vantagem: a taxa que vão pagar no Residencial Orquídeas, será menor que o aluguel da casa onde estavam morando na Vila Fanny. Agora, eles planejam ter filhos, já que terão no bairro toda infraestrutura disponível para atender às necessidades da família, incluindo uma creche que está em construção na esquina do condomínio.

Gilson Elias Barbosa, 29 anos, e Elaine Pereira Barbosa, 25 anos, casados há seis anos e com uma filha de 3, receberam a primeira visita no novo apartamento, logo após a entrega das chaves. O prefeito foi conhecer a unidade para a qual o casal planeja mudar o mais rápido possível. Eles vão deixar a casa num terreno de parentes onde moram. O casal aprovou o novo local de moradia e gostou principalmente do espaço comum e da área de recreação, onde a filha Lívia poderá brincar. “Vai ser muito bom viver aqui. Até já fizemos amizade com a vizinhança”, contou Elaine.

Investimento

A construção dos 152 apartamentos representou um investimento de R$ R$ 5,7 milhões, com recursos do Programa de Arrendamento Residencial (PAR), que é uma espécie de leasing habitacional. Nesse programa as famílias assinam um contrato de 15 anos e, ao final do prazo, têm direito a escritura do imóvel. “Elas irão pagar uma taxa mensal de arrendamento de R$ 319, valor que é inferior ao custo da prestação de um financiamento convencional ou do aluguel de uma unidade no mesmo padrão”, informou o presidente da Cohab.

Os apartamentos têm dois quartos e estão distribuídos em blocos de quatro pavimentos, formando um condomínio, que conta também com área de estacionamento, recreação, salão de festas e churrasqueiras. O Residencial fica a duas quadras da Unidade de Saúde Cândido Portinari e tem nas proximidades o Parque dos Tropeiros. O Clube da Gente CIC – complexo de esportes aquáticos da Prefeitura que começa a funcionar no ano que vem – também fica perto do Residencial.

Com a entrega do Residencial Orquídeas, o programa habitacional do município completou 4.527 apartamentos liberados desde 2005 para famílias que estavam inscritas na fila da Cohab. Há ainda mais 228 apartamentos, em mais dois empreendimentos, que serão entregues até o final do ano.

Contrato

Na mesma solenidade de entrega de unidades, o prefeito assinou contrato para a construção de mais 208 apartamentos nos Residenciais Antonina e Morretes, no Campo Comprido. Os empreendimentos, localizados na rua João Dembinski, uma das mais importantes do bairro, significam um investimento de R$ 12,2 milhões, e serão executados com recursos do programa Minha Casa, Minhas Vida.

Os dois novos Residenciais irão atender famílias com renda entre três e seis salários mínimos inscritas no cadastro de candidatos a imóveis da Cohab. Elas já assinaram contrato de financiamento porque a comercialização de unidades deve ser feita antes do início das obras, entre famílias que estão nesta faixa de renda, segundo as normas da Caixa Econômica Federal, que faz a gestão do Minha Casa, Minha Vida.

Os apartamentos com dois quartos têm custo que varia entre R$ 57 mil e R$ 60 mil e estão distribuídos em blocos com até quatro pavimentos, em dois condomínios, dotados de áreas de estacionamento, salão de festas com churrasqueira e parque infantil. A aquisição das unidades será financiada em até 25 anos e inclui subsídio às famílias que pode chegar a R$ 17 mil (descontados do valor do imóvel).

Com a contratação de mais dois empreendimentos, o programa Minha Casa, Minha Vida alcança a marca de 4.916 unidades em obras, na faixa de interesse social, que vai até seis salários mínimos.

Nesse segmento a execução de empreendimentos conta com apoio do município. A Cohab identifica a demanda, convoca as famílias e dá apoio à comercialização das unidades. A Prefeitura oferece incentivos fiscais (isenção de impostos e taxas municipais) e construtivos (possibilidade de ampliar a área construída e o número de pavimentos). A Caixa Econômica Federal libera os recursos para as obras, que ficam sob responsabilidade da iniciativa privada.

 

« voltar
 

Rua Barão do Rio Branco, 45 - Centro - Curitiba - PR | CEP: 80010-180 | Fone: 0800-413233 - (41) 3221-8100

Desenvolvido por GPA'prospera