Publicado em 11/17/2010 4:18:39 PM

Mutirão de limpeza remove 5 toneladas de resíduos da Vila Pantanal

Operação tem como objetivo limpar a área e, ao mesmo tempo, conscientizar a população

Um mutirão de limpeza encerrado nesta quarta-feira (17) retirou cinco toneladas de resíduos da Vila Pantanal, uma área de ocupação irregular do Alto Boqueirão que está sendo urbanizada pela Prefeitura. A ação, iniciada na semana passada, foi realizada em conjunto pela Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab) e  Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SMMA) e faz parte da atuação social e ambiental, que é desenvolvida com a comunidade, paralelamente às obras no local.

Na Vila Pantanal vivem 768 famílias em situação de risco social, das quais boa parte trabalha com coleta de materiais recicláveis. “Essas operações tem como objetivo limpar a área e, ao mesmo tempo, conscientizar a população para que não acumule materiais sem uso, pois isto atrai insetos, ratos e outros transmissores de doenças. Esse trabalho de educação ambiental é muito importante para que, depois de reassentadas, as famílias mudem seus hábitos para viver em um ambiente mais saudável”, diz o presidente da Cohab, João Elias de Oliveira.

Durante o mutirão, assistentes sociais da companhia, estagiários e técnicos ambientais percorreram a vila para convidando os moradores a colaborar com a limpeza da área. A comunidade foi orientada a colocar em frente de casa todos os tipos de material que não tem utilidade, como móveis sem uso, restos de madeira, caliça e entulhos.

Na terça-feira (16) e quarta-feira (17) o caminhão da SMMA recolheu os resíduos depositados pela população. As cinco toneladas de material retirado da Vila foram levadas para o aterro sanitário.

A moradora Santina Aparecida Pereira, 52 anos, foi uma das que eliminou o excesso de materiais do terreno onde mora. Ela, que é coletora de material reciclável, aprovou a iniciativa. “Ótimo esse mutirão. Tem muita gente que fica juntando lixo em casa sem necessidade. O trabalho da Cohab e do Meio Ambiente é importante para alertar as pessoas que é errado fazer isso porque acaba prejudicando a vizinhança. Espero que aconteçam mais ações como essa”, afirma.

Urbanização
A Vila Pantanal, ocupada desde a década de 80, está passando pela maior transformação de sua história. Ao lado das precárias moradias já se podem ver as casas de alvenaria construídas pela Cohab. “É a visão dos contrastes. De um lado a ocupação desordenada feita em local impróprio, do outro as casas novas, construídas de maneira planejada e que vão mudar a realidade das famílias”, afirma João Elias.

Estão sendo eliminados os pontos de alagamentos, com a retirada dos moradores e a construção de casas em outros locais na própria vila. Serão ao todo 334 casas novas – 165 em uma primeira etapa. Para receber as primeiras famílias resta somente a implantação da rede de água e esgoto.

Após a realocação, os barracos insalubres onde viviam os moradores serão demolidos. As obras têm um custo global de R$ 10,1 milhões, com recursos da Prefeitura e financiamentos contratados pelo município junto ao programa Pró-Moradia (linha do governo federal que usa dinheiro do FGTS) e ao Fonplata (organismo financeiro internacional que atua nos países da bacia do rio da Prata, na América do Sul). O retorno dos dois financiamentos ficará sob responsabilidade da Prefeitura.

Além das 334 famílias que receberão casas novas, outras 434 permanecerão onde estão. Neste caso, quem está em situação mais precária receberá melhoria habitacional. Toda comunidade será atendida com melhoria na infraestrutura, implantação de redes de água, coleta e tratamento de esgoto, drenagem, energia elétrica e iluminação pública.

« voltar
 

Rua Barão do Rio Branco, 45 - Centro - Curitiba - PR | CEP: 80010-180 | Fone: 0800-413233 - (41) 3221-8100

Desenvolvido por GPA'prospera