Publicado em 7/29/2011 11:01:32 AM

Política habitacional estimula crescimento ordenado da cidade

Produção da Cohab impulsiona o desenvolvimento de bairros como o Campo de Santana e Augusta, que apresentaram as maiores taxas de crescimento da cidade, de acordo com dados do censo 2010 do IBGE

Seis dos 10 bairros de Curitiba que mais cresceram na última década segundo o censo 2010 do IBGE tiveram seu desenvolvimento impulsionado pelo programa habitacional do município. O exemplo mais ilustrativo é o do bairro de Campo de Santana, na região sul, que apresentou a maior taxa de crescimento da cidade - 270% - entre 2000 e 2010. 

Neste mesmo período a Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab) entregou mais de 7 mil unidades no bairro. Este número representa quase quatro vezes o total de domicílios existentes ali em 2000, segundo o IBGE.

“O programa habitacional está vinculado às diretrizes de planejamento urbano e é um elemento indutor do crescimento da cidade. Os números do IBGE confirmam essa prática”, diz o prefeito Luciano Ducci.

Além do Campo de Santana, os bairros Augusta, Ganchinho, Tatuquara, Umbará e Campo Comprido também têm expansão ligada ao desempenho do programa habitacional. Juntos, os seis bairros, que fazem parte da lista dos 10 primeiros em crescimento no último censo, receberam 14.094 unidades da Cohab no período compreendido entre 2000 e 2010.

O Sítio Cercado e a CIC estão entre os 30 bairros que mais cresceram na última década em Curitiba e têm, da mesma forma, expansão relacionada com a atuação da Cohab. Nos dois bairros, foram entregues no intervalo entre os dois últimos censos um total de 8.933 unidades habitacionais, o que representa, em média, cerca de 40% dos novos domicílios.

“A política habitacional contribui para ordenar o crescimento da cidade e o planejamento para ocupação, pela Cohab, de novas áreas de expansão é feito de forma integradas com as demais políticas do município”, explica o presidente da Companhia, João Elias de Oliveira.

Planejamento - As áreas destinadas à habitação de interesse social estão definidas no zoneamento da cidade e a implantação de novos empreendimentos passa pela avaliação dos técnicos do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc), que verificam questões como a rede de equipamentos comunitários disponíveis na região, capacidade do sistema viário local e oferta de serviços públicos.

Nos projetos de novos empreendimentos há sempre reserva de áreas para construção de equipamentos como escola, creche e unidade de saúde. Em alguns casos, quando é constatado que a rede de equipamentos e serviços públicos existente na vizinhança é insuficiente para atender à demanda que será gerada com o novo empreendimento, a construção pode ocorrer junto com a implantação do conjunto habitacional.

É assim no Moradias Corbélia, no São Miguel, cujo projeto em andamento inclui 555 casas, uma creche, uma escola de 1ª à 4ª série e um CRAS (Centro de Referência em Assistência Social).

“Esses cuidados garantem que o crescimento gerado pela política habitacional se dê de forma gradativa e ordenada, garantindo qualidade de vida para os moradores”, diz Oliveira.

No Campo de Santana, o bairro de maior crescimento em Curitiba na última década, foi a atuação da Cohab que alavancou a expansão. Ali, a Companhia entregou, entre 2000 e 2010, um total de 7.331 unidades, em seis empreendimentos. O maior deles, o Moradias Rio Bonito, tem 6,2 mil lotes.

No Augusta, o segundo bairro que mais cresceu, a participação da Cohab no processo de desenvolvimento também foi importante. Dos 1.155 novos domicílios que surgiram lá entre 2000 e 2010, 46.40% são originários de projetos da Companhia, que entregou 536 unidades em três empreendimentos.

No Ganchinho, o quarto em expansão, a presença da Cohab no período foi ainda mais significativa. Nada menos do que 65,12% dos novos domicílios do bairro foram produzidos pela Companhia - ou 984 dos 1.511 novos domicílios detectados pelo IBGE.

No Tatuquara, que registrou o sexto maior crescimento da cidade, a Cohab foi responsável por 53,85% dos 6.584 domicílios que surgiram no bairro na última década. A Companhia entregou ali no período compreendido entre os dois últimos censos 3.546 unidades.

Percentual semelhante foi registrado no Umbará, nono lugar entre os bairros com maior expansão, onde o programa habitacional entregou 1.017 unidades - o equivalente a 53,24% dos novos domicílios. No Campo Comprido, oitavo colocado no ranking de crescimento, a Cohab teve uma participação mais modesta (16,14% dos 4.211 novos domicílios), entregando 680 unidades.

Em outros dois bairros que estão entre os 30 de maior evolução, o Sítio Cercado (21º) e a CIC (26º), o programa habitacional do município também contribuiu para a expansão. No Sítio Cercado, foram entregues 4.338 unidades, que correspondem a 47,31% dos novos domicílios. Na CIC, foram 4.595 unidades - ou 34,63% dos novos domicílios.

Veja como a produção da Cohab influiu no crescimento dos bairros:

 

Bairro

Incremento de domicílios

2000-2010

Produção Cohab

2000-2010

Participação da Cohab no crescimento

Campo de Santana

6.717

7.331

109.14% (*)

Ganchinho

1.511

984

65,12%

Tatuquara

6.584

3.546

53,85%

Umbará

1.910

1.017

53,24%

Sítio Cercado

9.169

4.338

47,31%

Augusta

1.155

536

46,40%

CIC

13.266

4.595

34,63%

Campo Comprido

4.211

680

16,14%

Fonte: Censo IBGE - 2000/2010 /   Cohab - Relatório de produção 2000/2010
 (*) - parte da produção da Cohab é relativa a lotes e terrenos não ocupados por seus proprietários não foram computados pelo IBGE como domicílios
 
Rio Bonito: um bairro dentro do Campo de Santana


Com 1,3 milhão de metros quadrados, o Moradias Rio Bonito, no Campo de Santana é um dos maiores empreendimentos já executados pela Cohab. Em extensão, só perde para o Bairro Novo, com seus 4,2 milhões de metro quadrados encravados no Sítio Cercado. Sozinho, o Rio Bonito tem tamanho comparável ao do bairro do São Francisco, que concentra o setor histórico da cidade.

Antiga área de fazenda - era ali que, até os anos 90, a rede de supermercados Mercadorama produzia hortifrutigranjeiros para comercialização em suas lojas -, o empreendimento tem 6,2 mil lotes e começou a ser ocupado pelas famílias em 2005.

Hoje, o perfil local é completamente diferente. Tomado por casas e estabelecimentos comerciais, o loteamento tem três escolas municipais e uma estadual, duas creches, uma unidade de saúde e um CRAS (Centro de Referência em Assistência Social). É servido por seis linhas de ônibus.

“O Rio Bonito é um exemplo de planejamento habitacional integrado ao desenvolvimento urbano e às políticas públicas do município”, diz a diretora técnica da Cohab, Teresa Elvira Gomes de Oliveira.

A comerciante Luciana de Oliveira de Paula acompanhou o crescimento do loteamento. Ela chegou junto com os primeiros moradores, satisfeita por concretizar o sonho da casa própria e disposta a enfrentar um novo desafio: abrir uma loja de material de construção e conquistar a autonomia financeira.

“Apostei neste lugar e venci”, diz ela, que tem uma casa com quatro quartos como sempre sonhou e uma loja de médio porte. “Antes, era só uma portinha. Cresci com o bairro e pude expandir o meu negócio”, conta.

A mesma sensação de evolução tem o técnico em mecânica Elias Corsini dos Santos, que está no Rio Bonito há seis anos. “Fui construindo a casa aos poucos e acompanhei a melhora gradativa do loteamento. As benfeitorias estão chegando e isso é bom porque valoriza meu imóvel”, fala. O filho, de seis anos, que nasceu no mesmo ano da mudança, hoje freqüenta uma das escolas do local.

A costureira Clotilde Leite também faz parte do contingente de moradores que chegou ao Campo de Santana por meio do programa habitacional. Ela mora com a filha, o genro e um neto em uma casa de dois quartos no Rio Bonito. Na frente, construiu um ateliê de costura e, assim, pode unir trabalho e moradia no mesmo espaço. “Aqui tem tudo perto e posso investir em melhoria sem medo de perder dinheiro”, explica.

 

 

« voltar
 

Rua Barão do Rio Branco, 45 - Centro - Curitiba - PR | CEP: 80010-180 | Fone: 0800-413233 - (41) 3221-8100

Desenvolvido por GPA'prospera