Publicado em 8/8/2011 1:23:56 PM

Bertoldi assume Secretaria de Política Habitacional da Prefeitura

Secretaria irá fazer a articulação da política habitacional do município e trabalhará em conjunto com a Cohab

O prefeito Luciano Ducci empossou nesta segunda-feira (8), em solenidade realizada no Salão Brasil da Prefeitura, o secretário municipal de Política Habitacional, Osmar Bertoldi. A Secretaria, criada por meio de decreto, tem caráter extraordinário e será responsável pelo planejamento e execução do programa de habitação de interesse social do município.

“A moradia é uma das prioridades da atual gestão municipal e irá ganhar mais efetividade com a criação da Secretaria, que concentrará sua atuação no atendimento às necessidades da parcela da população. O programa habitacional do município é instrumento de transformação da realidade, mudando para melhor a vida de pessoas que viviam em condições precárias e sub-humanas”, disse o prefeito.

Bertoldi elogiou a atuação da Prefeitura na área habitacional e afirmou que deverá fazer a articulação entre as diversas políticas públicas do município para ampliar os benefícios às famílias atendidas e à cidade. “Quando retiramos uma casa da beira estamos dando oportunidade de vida digna para o morador e também promovendo uma readequação urbana, recuperando uma área degrada e, ao mesmo tempo, melhorando o meio ambiente”, falou.

Para executar os projetos de moradia no município a Secretaria de Política Habitacional terá o apoio da Cohab (Companhia de Habitação Popular de Curitiba). O programa habitacional em andamento prevê atuação em várias frentes, incluindo produção de unidades para famílias da fila da Cohab, urbanização de vilas, reassentamento de famílias em situação de risco e entrega de escrituras para moradores de  áreas irregulares.

Osmar Bertoldi, o titular da nova secretaria, tem familiaridade com a área habitacional. Para assumir o cargo de secretário, ele se licenciou da Assembléia Legislativa onde cumpria o segundo mandato como deputado estadual. Antes, havia sido eleito vereador em Curitiba e, em seus três mandatos na Câmara Municipal, acompanhou projetos da Cohab, como a implantação do projeto do Moradias Rio Bonito, no Campo de Santana,  e a intervenção no bairro do Cajuru, que retirou famílias da margem do Atuba e criou o Parque Linear na faixa de preservação do rio.

Agora, na Secretaria, seu desafio é outro: ampliar o programa habitacional, que hoje está presente em vários pontos da cidade. Na urbanização de vilas e reassentamento de moradores em situação de risco, a atuação alcança 43 vilas e já reassentou cerca de 3 mil famílias, liberando 8 quilômetros de margens de rios que estavam comprometidas pela ocupação indevida.

Há, em andamento, a construção de 472 casas, em empreendimentos executados com recursos dom município do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). As unidades abrigarão famílias em situação de risco em vilas localizadas na abrangência da bacia dos rios Formosa e Atuba e nas Vilas Terra Santa e Pantanal. Outras 2.274 unidades deverão ser relicitadas e iniciar obras este ano.

Já a produção de novas moradias para famílias da fila da Cohab envolve 5,8 mil unidades, em 25 empreendimentos, nos bairros do Ganchinho, Tatuquara,  CIC, Santa Cândida, Sítio Cercado e Cachoeira. As obras fazem parte do programa Minha Casa, Minha Vida, que está sendo executado em Curitiba por meio de convênio entre o município e o governo federal, com a participação da Caixa Econômica Federal e da iniciativa privada. A Prefeitura oferece incentivos fiscais e construtivos para os empreendimentos enquadrados na faixa de interesse social e a Cohab dá apoio à comercialização das unidades.

Secretário - Osmar Bertoldi, 42 anos, é formado em pedagogia pela Universidade Tuiuti do Paraná e tem especialização em Desenvolvimento Sustentável pela Universidade da Califórnia/Berkeley. É autor do livro “Ideias para uma Metrópole Sustentável”, lançado em 2006 pela Editora Esplendor.

Na Câmara Municipal, foi autor da lei 9.606/99, que criou a obrigatoriedade de que os loteamento da cidade, quando implantados, passassem a ter denominação de ruas e numeração predial, para evitar que a identificação genérica constante dos projetos (como rua 1, rua 2 e assim por diante) privasse as famílias de um endereço regular.

Ele lembrou em seu discurso que, como vereador, esteve sempre muito próximo do trabalho da Cohab. “Iniciei minha vida pública em conjuntos habitacionais, como o Caiuá de Diadema, na região da CIC, e o Santa Cecília e Monteiro Lobato, no Tatuquara. Conheço a equipe da Cohab e sei do dinamismo de seus técnicos para resolver questões complexas”, falou.

A posse do secretário Bertoldi foi acompanhada pelo presidente da Assembléia Legislativa, Valdir Rossoni, e pelos deputados federais Abelardo Lupion, Andre Zacharov, Luiz Carlos Setim e Fernando Francischini; deputados estaduais Plauto Miró, Pedro Lupion, Elio Rush, Duilio Genaro, Mauro Moraes, Reni Pereira e Nelson Justus; vereadores Julieta Reis, Sabino Picolo, Celso Toquarto, Denilson Pires, Emérson do Prado, Valdemir Soares, Dirceu Moreira, Juliano Borgheti, Zezinho do Sabará, Serginho do Posto, Beto Moraes, Jair César, Noemia Rocha e Tito Zeglin. Lideranças comunitárias também estiveram presentes no evento.

« voltar
 

Rua Barão do Rio Branco, 45 - Centro - Curitiba - PR | CEP: 80010-180 | Fone: 0800-413233 - (41) 3221-8100

Desenvolvido por GPA'prospera