Publicado em 9/4/2011 1:08:32 PM

Luciano Ducci entrega 112 apartamentos no Sítio Cercado

As unidades do Residencial Caiobá foram destinadas a familias com renda mensal entre R$ 930 e R$ 1.395.

O prefeito Luciano Ducci entregou neste sábado (03), apartamentos do Residencial Caiobá, no Sítio Cercado, para 112 famílias. As unidades fazem parte do programa Minha Casa, Minha Vida e foram destinadas a inscritos no cadastro da Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab) com renda mensal entre R$ 930 e R$ 1.395. São 95 famílias que estavam inscritas e mais 17 famílias originárias de áreas de risco - as Vilas Parolin, Icaraí, Menino Jesus, Barigui, Palmeira e Bairro Alto.

“Hoje é um dia muito especial, pois entregar a casa própria para as famílias e ver a emoção de cada um é uma grande satisfação. Meu sonho é ter uma cidade onde todas as pessoas morem bem, com dignidade. O Bairro Novo hoje todo asfaltado e consolidado é uma mostra do que agora estamos fazendo no Tatuquara, Ganchinho”, disse o prefeito Luciano Ducci.

Participaram da cerimônia de entrega das chaves o secretário municipal de Habitação, Osmar Bertoldi, o presidente da Cohab, Ibson Campos, o secretário municipal de Relações com a Comunidade, Fernado Guedes, o gerente regional da Caixa Econômica Adriano Borges, e os vereadores Denilson Pires, Emerson Prado, João do Suco, Odilon Volkmann, Roberto Hinça e Tico Kuzma.

O secretário Osmar Bertoldi destacou a parceria com a Caixa. “Muito importante. Os recursos possibilitam que a Prefeitura esteja realizando uma gestão bastante voltada para a habitação. Inclusive atendendo com prioridade moradores de áreas de risco, pessoas atingidas por enchentes”, disse.

Investimento

O empreendimento Residencial Caiobá é resultado de parceria entre a Cohab e a Caixa Econômica Federal e significou um investimento de R$ 4,7 milhões. Cada unidade tem um custo de R$ 42,3 mil, mas foi concedido às famílias subsídio para aquisição. Elas pagarão prestações equivalentes a 10% da renda famíliar (entre 93 e R$ 139,50) pelo prazo de 10 anos. Ao final deste período, o imóvel estará quitado, sem nenhum outro ônus.

Os apartamentos do Residencial Caiobá têm dois quartos e estão distribuídos em blocos de quatro pavimentos, que formam um condomínio com área de estacionamento, parque infantil e salão de festas. Na vizinhança, há equipamentos comunitários como escola, creche, unidade de saúde, Armazém da Família, Clube da Gente e Rua da Cidadania.

A comercialização das unidades foi feita pela Cohab de acordo com normas determinadas pelo governo federal, priorizando famílias desabrigadas de áreas de risco ou insalubres; chefiadas por mulheres; em situação de precariedade habitacional; com até três dependentes menores de 18 anos e residentes em imóveis alugados.


Vida nova

Atendida com prioridade, a enfermeira Kátia Mara Cardoso é mãe do Iago, uma criança especial de 15 anos. Ela vivia de favor na casa da mãe e precisava de um espaço seu, para cuidar melhor do filho. Eleita síndica do novo condomínio, a vida dela mudou. “O apartamento é maravilhoso, o bairro perfeito, tem tudo. É um dia inesquecível”, disse.

Juçara de Fátima Ferreira morava em uma casa no Umbará, onde pagava R$ 400,00 de aluguel. A zeladora vive com os três filhos, de 14, 17 e 18 anos. No Residencial Caiobá vai pagar R$ 99,00. Muito feliz, ela projeta o que fazer com a renda que vai sobrar. “Vou comprar móveis novos, coisa que nunca pude fazer”.

A auxiliar de cozinha Luci pagava R$ 350 no aluguel de uma pequena casa na vila Unidos do Umbará, onde morava com os 4 filhos. Agora, a prestação é de R$ 98,00 e ela pensa em abrir uma poupança. “Vou guardar para garantir o futuro dos meus filhos, além de poder comprar algo para casa”, afirma.

Outra que fugiu do aluguel é a doméstica Maria Ferreira. Pagava R$ 450,00 em uma casa no Sítio Cercado. Ela emocionou os presentes ao entregar uma carta para o prefeito Luciano Ducci. “Sabemo que Deus é o Deus do impossível. Porque para mim ra impossível ter meinha casa”, diz um trecho. Confira nas imagens a carta na íntegra.

O programa MCMV está sendo implantado em Curitiba por meio de uma parceria entre a Prefeitura, Cohab, Caixa Econômica e governo federal. A Caixa libera os recursos e administra a obra, enquanto a Prefeitura concede incentivos fiscais e construtivos para as empresas que atuam na faixa de interesse social, atendendo famílias com renda de até 6 salários. A Cohab identifica a demanda e faz a comercialização das unidades.

Com a entrega do novo residencial chega a 416 o número de unidades entregues em Curitiba desde o lançamento do programa em 2009. Já foram contratadas 6.877 unidades.
 

« voltar
 

Rua Barão do Rio Branco, 45 - Centro - Curitiba - PR | CEP: 80010-180 | Fone: 0800-413233 - (41) 3221-8100

Desenvolvido por GPA'prospera