Publicado em 9/12/2011 3:48:54 PM

Curso de jardinagem ajuda a embelezar conjunto da Cohab

Moradores aplicam nos jardins de suas casas os conhecimentos que aprenderam

Famílias que vivem no Moradias Itaqui, no bairro Tatuquara, estão colocando em prática os conhecimentos adquiridos em um curso de jardinagem promovido pela Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab) e Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SMMA). Pouco antes da chegada da primavera, os belos jardins enfeitam o cenário local.

“Com as técnicas aprendidas durante o curso, os moradores estão tomando conta de seus jardins. Esta iniciativa da companhia ajuda a tornar mais agradável o visual do conjunto, situado na região que mais cresce atualmente na cidade”, diz o presidente da Cohab, Ibson Campos.

O Moradias Itaqui foi construído para atender famílias com renda mensal de até três salários mínimos inscritas no cadastro da Cohab. Foram investidos 8,7 milhões, recursos da Prefeitura e do programa Pró-Moradia, uma linha do governo federal que utiliza verbas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). O financiamento foi contratado pela Prefeitura, que assumiu também o retorno integral do valor de investimento à Caixa Econômica. A ocupação das 314 casas foi concluída em julho do ano passado.

Jardinagem
Como ação complementar ao projeto, Cohab e SMMA realizaram o curso em novembro de 2010. Os participantes aprenderam técnicas de preparação do solo, adubação, irrigação, transporte de vasos para a terra, cuidados para a manutenção da grama, maneiras de realizar a poda, como combater pragas e outros conhecimentos. Agora, com a iminente chegada da primavera, os resultados começam a aparecer.

A dona de casa Maria do Carmo Barbosa participou do curso e hoje é dona de um belo jardim com cedro, orquídeas, rosas, amor-perfeito e outras plantas. “Todos os dias eu acordo e já venho mexer no jardim. Para mim é mais que paixão, é uma terapia. Eu sempre tive vontade de ter um jardim bonito e com o que aprendi no curso consegui montar o meu”, destaca.

Entre as coisas que aprendeu, Maria do Carmo ressalta a compostagem de material orgânico para produção de adubo e a captação da água das chuvas. “Eu coleto água das chuvas em baldes e uso para tratar do jardim, o que já é uma boa economia. Outra coisa que aprendemos é utilizar o lixo orgânico para fazer adubo”, explica.

Alessandra Silmara e o marido Márcio Gonçalves montaram juntos um jardim diferente, com direito até a um pequeno lago artificial onde vivem três peixes. Eles sempre gostaram de jardinagem e agora que possuem um espaço adequado estão se dedicando a colocar em prática os conhecimentos adquiridos.

Entre as variedades de plantas podem ser vistos xaxins, bambus, bromélias, orquídeas e outras. “Nós dois cuidamos da manutenção do jardim. Eu dou as ideias e meu marido executa”, diz ela. Márcio elaborou um sistema com bomba hidráulica para que a água do pequeno lago não fique parada. Além disso é ele que realiza as podas nas plantas.

Já a cozinheira Cláudia de Souza e seu marido, o pedreiro Anselmo, optaram por um jardim simples, mas também bonito. “Antes de vir para cá, a gente morava em uma casa alugada onde não havia grama, era tudo calçada. Aqui é muito melhor, o verde dá mais vida para a casa”, finaliza

« voltar
 

Rua Barão do Rio Branco, 45 - Centro - Curitiba - PR | CEP: 80010-180 | Fone: 0800-413233 - (41) 3221-8100

Desenvolvido por GPA'prospera