Publicado em 12/19/2011 3:15:28 PM

Parceria na Região Metropolitana viabilizou 501 casas em Fazenda Rio Grande

As unidades foram construídas por meio de parceria entre a Cohab, Caixa Econômica Federal e a prefeitura local.

Uma parceria entre a Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab), Caixa Econômica Federal e a prefeitura de Fazenda Rio Grande resultou na produção de 458 sobrados e 43 casas para atender famílias do município com renda mensais de até R$ 1.395. As 501 unidades são do empreendimento Residencial Jardim Europa, entregue nesta segunda-feira (19), em solenidade que teve a presença do presidente da Cohab, Ibson Campos, do prefeito local, Francisco Santos, e do presidente da Cohapar, Mounir Chaowiche .

A construção do Residencial Jardim Europa significou um investimento de R$ 22,7 milhões, financiado com recursos do programa Minha Casa, Minha Vida, do governo federal. “Este empreendimento é um exemplo do alcance da atuação da Cohab, que pode chegar à Região Metropolitana. A experiência do programa habitacional de Curitiba serve de referência para outros municípios”, comentou o presidente da Companhia.

Para viabilizar o empreendimento em Fazenda Rio Grande, a Cohab utilizou uma sistemática semelhante àquela aplicada em Curitiba para concretizar projetos financiados com recursos do Minha Casa, Minha Vida.  A Companhia fez a articulação entre o agente financeiro (a Caixa), a prefeitura local e a empresa construtora, para aprovação do projeto e contratação do recurso.

“O diferencial nesta atuação em Fazenda Rio Grande é que o terreno onde foi feita a obra era propriedade da Cohab. Isso foi um facilitador para os entendimentos que possibilitaram a obra”, explicou Campos.

As famílias que receberam as chaves das casas são do próprio município e foram selecionadas pela prefeitura, que deu apoio à Caixa para comercialização das unidades. Metade dos futuros moradores do empreendimento é originária de área de risco, como margens de rios.

Outros 25% das unidades foram destinadas a famílias em situação de vulnerabidade, assistidas pelos programas sociais. O restante dos destinatários das casas foi definido por meio de sorteio entre candidatos a imóveis cadastrados pela prefeitura local.

Os moradores do Residencial Jardim Europa irão pagar prestações equivalentes a 10% da renda familiar, pelo prazo de 10 anos. Após este período, as casas e sobrados serão considerados quitados, conforme preveem as normas do programa Minha Casa, Minha Vida.

 Débora Fernandes de Lima pretende se mudar ainda esta semana para a casa nova - um sobrado de dois quartos - com o marido e dois filhos, um de 12 anos e o mais novo com apenas dois meses. Ela trabalha como auxiliar de arquivo e sempre morou com a mãe. A casa própria era o grande sonho de sua vida. “Agora, estou realizada. Foi o melhor presente de Natal que já ganhei”, contou.

Neiva Baldissera, funcionária de uma escola municipal, também morava de favor em casa de parentes, com a filha Ana Paula, de 11 anos. Ela pretende fazer algumas melhorias no imóvel, como piso cerâmico na cozinha e muro ao redor do terreno. E está contando desde já os dias que faltam para a mudança para a casa nova. “Ela é perfeita. Do tamanho do meu sonho”, disse.

« voltar
 

Rua Barão do Rio Branco, 45 - Centro - Curitiba - PR | CEP: 80010-180 | Fone: 0800-413233 - (41) 3221-8100

Desenvolvido por GPA'prospera