Publicado em 1/23/2012 5:55:17 PM

Moradores de conjunto da Cohab recebem orientações do INSS

Parceria leva informações e sana as dúvidas da população com renda até três salários mínimos

Uma parceria entre a Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab) e o Instituto Nacional de Previdência Social (INSS) está beneficiando famílias atendidas pelo programa habitacional do município. Nesta segunda-feira (23), técnicos do INSS estiveram no Residencial Caiobá, no Sítio Cercado, para falar aos moradores sobre os benefícios da previdência social que alcançam a população com renda de até três salários mínimos.

Durante a semana, até sexta-feira (27), a ação vai acontecer cada dia em um local diferente. As visitas fazem parte da programação comemorativa aos 89 anos de instituição da previdência social no Brasil. Nesta segunda-feira foram atendidos moradores dos Residenciais São Francisco, Santa Mônica e Caiobá. Na terça (24) é a vez do Residencial Vila Mariana (Tatuquara), e nos outros três dias o atendimento ocorre nas Vilas Pantanal (Alto Boqueirão), Parolin e Parque Nacional (Cajuru).

O principal foco dos técnicos do Instituto são as donas de casa, que têm direito à aposentadoria desde 1.999 e, em outubro do ano passado, foram contempladas com uma redução na alíquota de contribuição, que passou a ser de 5% sobre o salário mínimo (hoje, equivalente a R$ 32 mensais). No primeiro dia de trabalhos, dezenas de pessoas compareceram para receber esclarecimentos.

Segundo a gerente regional do INSS em Curitiba, Mara Regina Sfier, a principal dúvida das donas de casa é se devem ou não contribuir. “Mulheres com cerca de 50 anos questionam a validade de começar a contribuir por considerar tarde, mas nós explicamos que é sim muito importante. Hoje em dia aumentou a longevidade das pessoas, que vivem até os 90 anos, então ainda há muito tempo para fazer a contribuição e usufruir dos benefícios”, explica.

Mara ressalta também que a contribuição não é somente para aposentadoria. “Estas donas de casa precisam ter em mente que além da aposentadoria, existem outros benefícios, como a pensão, que é direito dos dependentes em caso de morte, ou o auxílio-doença, que pode auxiliar no sustento da família em caso de uma situação inesperada. Por isto tem que contribuir”, afirma.

Outra dúvida comum é se diferentes benefícios podem ser acumulados. “Muitas pessoas tem dificuldade em entender que se ela recebe pensão ela pode sim receber também aposentadoria. O que não pode é receber duas aposentadorias”, brincou a gerente, que em seguida destacou a importância da parceira. “Muito importante esta parceria com a Cohab, pois aqui damos um atendimento diferenciado, com tempo para dedicar a cada caso específico. Aqui a pessoa não fica com vergonha de perguntar e isso ajuda a sanar as dúvidas”.

Mamãe garantida – Daiane de Melo, está grávida de seis meses. Ela mora com o marido e os dois filhos no Residencial Caiobá e procurou os técnicos do INSS para saber se tem direito ao salário maternidade. “Saí do meu último emprego em setembro, até então eu contribui com a  previdência. Vim perguntar se eu tenho direito”, contou. E a resposta foi positiva. “Disseram que depois que o bebê nascer eu terei direito a receber o benefício por quatro meses”, disse.

Com a iniciativa do INSS e Cohab, cerca de 2 mil famílias terão acesso facilitado a informações e orientações sobre todos os benefícios e serviços da Previdência Social – auxílio-doença, aposentadoria por invalidez, aposentadoria por idade, aposentadoria por tempo de contribuição, aposentadoria especial, auxílio-reclusão, auxílio-acidente, pensão por morte, salário-maternidade e salário-família. As visitas dos técnicos acontecem entre 13h30 e 16h.

 
Serviço: Reuniões com moradores de conjuntos habitacionais e vilas para informações sobre os benefícios da previdência social
Programação:

dia 24 (terça-feira) - moradores do Residencial Vila Mariana (Tatuquara)
Estrada Delegado Bruno de Almeida, 351

dia 25 (quarta-feira) - moradores da Vila Pantanal (Alto Boqueirão)
Escola Jornalista Arnaldo Alves da Cruz - rua Marques de Camargo s/nº

dia 26 (quinta-feira) - moradores da Vila Parolin (Parolin)
Barracão da Associação de Moradores - rua Plácido e Silva, 860

dia 27 (sexta-feira) - moradores da Vila Parque Nacional (Cajuru)
Salão Paroquial da Igreja São Sebastião - rua Padre José Poliga, 356

Horário: das 13h30 às 16h30

« voltar
 

Rua Barão do Rio Branco, 45 - Centro - Curitiba - PR | CEP: 80010-180 | Fone: 0800-413233 - (41) 3221-8100

Desenvolvido por GPA'prospera