Publicado em 2/2/2012 5:10:58 PM

592 famílias receberão as escrituras de seus lotes na Vila Terra Santa

Local já foi atendido com obras de urbanização e recuperação ambiental

Moradores da Vila Terra Santa, ocupação irregular surgida no Tatuquara em 1999, poderão se tornar oficialmente proprietários dos imóveis onde moram. Isto porque a Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab) concluiu o processo de regularização da área, o que representa a entrega de escrituras para 592 famílias.

Para preparar os documentos de propriedade dos terrenos, a Cohab está realizando nesta semana a qualificação das famílias. Assistentes sociais da Companhia estão percorrendo a vila casa por casa, para confirmar os dados dos ocupantes e informar a documentação necessária a ser entregue para ter acesso à escritura.

“A Vila Terra Santa passou por uma enorme transformação desde que a Cohab iniciou o processo de urbanização. Moradias precárias deram lugar a casas novas, o fundo de vale que era indevidamente ocupado foi recuperado e hoje conta com canchas esportivas e equipamentos de lazer. As famílias que permaneceram ganharam redes de água, drenagem, esgoto, e ruas pavimentadas. A escritura dos terrenos é a cereja do bolo”, afirma o presidente da Cohab, Ibson Campos.

Odinei Sérgio da Silva, carregador do Ceasa, chegou na vila há 9 anos, quando sua mulher estava grávida do terceiro filho. Na manhã desta quinta-feira (02) ele recebeu a visita de assistentes sociais da Cohab para informar que ele receberia a escritura que legitima a posse de seu terreno. “Fiquei muito contente. É uma garantia que tenho, de que vou poder deixar a casa para meus filhos”, ressalta.

Sobre as mudanças ocorridas na vila ele não poupa elogios. “Desde que vim morar aqui melhorou bastante. Era feio demais, não tinha esgoto, nem asfalto. Foi um trabalho muito bem feito, a Prefeitura está de parabéns”, diz.

A aposentada Maria Dinorá, moradora local há 10 anos, concorda com ele e ainda acrescenta. “Como a prefeitura abriu mais ruas, o acesso ficou melhor e até a violência diminuiu. Tudo melhorou, nem parece o mesmo lugar”, destaca.

Moradora há 12 anos, Aurora Graziele, também vai receber sua escritura. Em meio à felicidade, ela relembra a dura realidade que enfrentou ali. “Não tinha luz, era tudo rabicho, vivia faltando água, tinha muito barro, virava um atoleiro quando chovia. Hoje os tempos são outros, já dá para notar na aparência do lugar. Temos qualidade de vida. Quem poderia imaginar que até cancha de futebol ia ter no Terra Santa. Meus meninos vivem lá jogando bola”, afirma.

Projeto - A urbanização da Vila Terra Santa beneficia ao todo 1.088 famílias, das quais 479 foram retiradas de área de preservação ambiental e receberam casas novas no empreendimento Moradias Laguna, situado nas proximidades. O local onde habitavam irregularmente foi recuperado e hoje oferece à comunidade ciclovia, canchas esportivas, parquinho infantil, bancos para descanso, grama e árvores.

As 592 famílias que receberão as escrituras são divididas em 382 que permaneceram em suas casas e outras 210 que estão sendo reassentadas na própria vila. Completam o número 17 famílias que serão atendidas com unidades em diferentes empreendimentos do programa Minha Casa Minha Vida.

O Moradias Laguna ganhou um CMEI e um CRAS e a Vila Terra Santa recebeu redes de drenagem, água e coleta de esgoto, estruturação do sistema viário e pavimentação de ruas. “É a Prefeitura da cidade transformando a vida das famílias curitibanas. São mais de quatro mil pessoas que deixaram uma condição de miséria e passaram a viver em um local digno, com equipamentos públicos e infraestrutura”, explica o secretário municipal de Habitação, Osmar Bertoldi.

« voltar
 

Rua Barão do Rio Branco, 45 - Centro - Curitiba - PR | CEP: 80010-180 | Fone: 0800-413233 - (41) 3221-8100

Desenvolvido por GPA'prospera