Publicado em 3/5/2012 5:06:26 PM

Cohab sorteou apartamentos no Ganchinho para 153 famílias

Participaram do sorteio famílias inscritas no cadastro da Companhia, com renda entre R$ 931 e R$ 1.600

A Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab) realizou nesta segunda-feira (5) sorteio para definir a ocupação de 153 apartamentos que estão em construção no bairro do Ganchinho. As famílias sorteadas estavam inscritas no cadastro de pretendentes a imóveis da Companhia e se enquadram nos critérios de atendimento do programa “Minha Casa, Minha Vida”, que financia as obras.

Participaram do sorteio 13,8 mil famílias com renda entre R$ 931 e R$ 1.600, que residem em Curitiba e têm até três dependentes menores de 18 anos. O sorteio foi realizado em sessão pública, no auditório da Cohab, que estava lotado. A relação das famílias participantes estava disponível no site da Cohab há 15 dias e, além disso, os participantes, foram comunicados por e-mail e convidados a assistir à reunião.

“A realização do sorteio atende à determinação do governo federal, que libera os recursos para obras. Todo o processo de seleção das famílias foi feito com transparência e com a participação dos interessados”, diz o presidente da Cohab, Ibson Campos. Representantes da Caixa Econômica Federal e da empresa Alpha Auditores Independentes acompanharam o sorteio.

Benção - Daniela Patrícia Correa, operadora de caixa em uma farmácia, mãe de dois filhos, um com 9 anos e outro com 9 meses, foi uma contempladas. Ela paga aluguel na Vila Osternack, em local próximo ao empreendimento para o qual foi sorteada. “Foi uma benção”, disse ela, emocionada.

Ana Cristina Guimarães, metalúrgica, mãe de dois filhos (com 12 e 2 anos de idades), não acreditou quando foi sorteada e pediu para ver o seu nome impresso na relação de contemplados. “É muito bom para ser realidade”, falou. Ela contou que passou o final de semana rezando. “Pedi para Deus que me desse o impossível: ser escolhida entre mais de 13 mil pessoas”, disse.

Noeli Aparecida Silvestre, aposentada em razão de problemas de saúde, estava acompanhada do filho mais novo, de 13 anos, e comemorou quando o seu nome foi mencionado. Ela tem mais um filho de 19 anos e mora em um imóvel de duas peças, alugado, no bairro Campo de Santana. “Estou tão emocionada que não consigo nem falar. Minha vontade é só chorar de alegria”, contou.

Cristiane Aparecida Ribas, operadora de telemarketing, mora com a filha de cinco anos no bairro do Umbará e gasta R$ 350 por mês com aluguel. A casa própria era um sonho para ela, que estava completando 31 anos no dia do sorteio. “Foi o melhor presente que ganhei na minha vida”, falou.

Empreendimentos - As famílias sorteadas serão encaminhadas para receber unidades nos empreendimentos Residencial Buriti e Residencial Parque Iguaçu I e II, que ficam próximos à rua Eduardo Pinto da Rocha, a principal via do Ganchinho. O sorteio inclui 153 famílias chamadas preferenciais e mais 153 famílias de reserva, que poderão receber as unidades, caso haja desistência ou impedimento do primeiro contemplado.

Entre as 153 unidades dos empreendimentos, 15 serão destinadas a inscritos incluídos nas cotas previstas no programa habitacional do município: idosos, portadores de necessidades especiais, cadeirantes, e vulneráveis (pessoas assistidas pelos programas sociais da Prefeitura). Para cada uma das cotas, foi feito sorteio à parte.

De acordo com os critérios de atendimento do programa Minha Casa, Minha Vida, as famílias que participaram do sorteio apresentavam pelo menos uma destas condições: são chefiadas por mulheres; originárias de áreas de risco ou insalubres; enfrentam situação de precariedade habitacional ou vulnerabilidade social; comprometem parte do orçamento com o pagamento de aluguel. 

As famílias sorteadas serão oficialmente comunicadas por meio de correspondência da Cohab. Elas serão chamadas para apresentar documentação e para preenchimento do Cadastro Único do governo federal. Os documentos e cadastros serão, posteriormente, encaminhados à Caixa Econômica Federal, para aprovação. A concessão do financiamento para aquisição das unidades é atribuição da Caixa, que é agente financeiro do programa MCMV.
 

Os imóveis, com dois quartos, têm custo final de R$ 45 mil, mas as famílias terão subsídio para aquisição. Elas irão pagar prestações equivalentes a 10% da renda familiar (entre R$ 93 e R$ 160), pelo período de dez anos. Ao final deste prazo, não haverá pagamento de resíduo e o imóvel será automaticamente quitado.

Consulta - A relação completa dos sorteados pode ser consultada no site da Cohab: www.cohabct.com.br, no link “Minha Casa, Minha Vida”, no menu do lado esquerdo da tela.  O Alô Cohab, serviço de atendimento telefônico da Companhia, também poderá prestar informações pelo número 0800-41-3233 (ligação gratuita).
 

« voltar
 

Rua Barão do Rio Branco, 45 - Centro - Curitiba - PR | CEP: 80010-180 | Fone: 0800-413233 - (41) 3221-8100

Desenvolvido por GPA'prospera