Publicado em 3/16/2012 4:23:47 PM

200 famílias que serão reassentadas escolhem imóveis

Residencial Boa Esperança I, no Tatuquara, vai abrigar moradores retirados de áreas de risco social

Um sorteio definiu a ocupação das 202 unidades habitacionais do Residencial Boa Esperança I, empreendimento construído no Tatuquara para reassentar famílias de áreas de risco cadastradas pela Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab). Participaram da escolha das casas e sobrados moradores das Vilas Belo Ar, no CIC, Bons Amigos, no Sítio Cercado, Ipiranga, no Pinheirinho e Parque Náutico, no Alto Boqueirão.

“A mudança para uma nova casa significa muito para estas famílias, que deixarão para trás um passado de sofrimento em ocupações irregulares e passarão a viver em moradias dignas, em local bem atendido por equipamentos e serviços públicos. Isto eleva a autoestima dos cidadãos”, diz o presidente da Cohab, Ibson Campos.

A escolha das unidades aconteceu por ordem de sorteio. Um a um os nomes sorteados escolheram na planta do conjunto o lote em que vão morar. “Utilizamos o critério de sorteio para assegurar a transparência do processo e também para garantir igualdade de condições para as famílias”, explica Campos.

Para possibilitar que famílias de uma mesma ocupação permaneçam como vizinhas no novo empreendimento, o sorteio aconteceu em quatro etapas – uma para cada vila. Desta forma os moradores puderam escolher os imóveis localizados próximos dos seus conhecidos.

O Residencial Boa Esperança I situa-se no Tatuquara, região da cidade que tem recebido um grande volume de investimentos para melhorar a qualidade de vida da população. São seis casas térreas e 196 sobrados de dois quartos. O conjunto, em fase final de obras, foi construído com investimento de R$ 8 milhões, recursos do programa Minha Casa Minha Vida.

No próximo dia 22, as famílias assinam os contratos de financiamento dos imóveis. De acordo com a normas do programa, os beneficiados vão pagar parcelas de no máximo 10% da renda familiar, pelo prazo de 10 anos. Estão sendo atendidas famílias com renda até R$ 1.395.

Expectativa – Thaysa Mildenberg, 23 anos, foi uma das primeiras sorteadas para escolher um sobrado no Residencial Boa Esperança I. Ela compareceu à Cohab levando a pequena Brenda, de um ano. Atualmente mora com o marido Adilson, que é auxiliar de fundição, em uma casa precária na vila Belo Ar. “São apenas duas peças, então é bem apertado”, ressalta.

Ela está contando os dias para mudar de vida. “Estou muito feliz. O sobrado será ideal para nós, vou poder montar um quarto para nossa bebê, além de poder comprar móveis, coisa que não dava antes por falta de espaço. Não vejo a hora de chegar lá com o caminhão de mudança”, diz ela.

O casal Iraídes Hoffmann, 22, e Valdirene Rodrigues, 28 moram há 10 anos na vila Bons Amigos, no Alto Boqueirão. Por se tratar de uma ocupação irregular eles sofrem pela falta de correio. “É complicado, não recebemos correspondência nem temos um endereço oficial”, conta ela.

Contentes com a proximidade da mudança eles já sonham com o novo sobrado, onde poderão montar um quarto para a Maria Luiza, de uma ano. “Nós já pensamos em tudo, vamos fazer o quartinho dela, quero fazer as paredes de grafiato, colocar piso, tudo para deixar a casa com a nossa cara”, finaliza ele.
 

« voltar
 

Rua Barão do Rio Branco, 45 - Centro - Curitiba - PR | CEP: 80010-180 | Fone: 0800-413233 - (41) 3221-8100

Desenvolvido por GPA'prospera