Publicado em 4/28/2012 2:03:50 PM

Luciano Ducci entrega escrituras para 592 famílias da Vila Terra Santa

Com o documento famílias passam ser oficialmente proprietárias dos locais onde vivem

 O prefeito Luciano Ducci entregou na manhã deste sábado (28) os títulos de propriedade de terrenos para 592 famílias que moram na vila Terra Santa, no Tatuquara. Do total, 382 famílias vivem na área que foi regularizada pela Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab) como parte do plano municipal de regularização fundiária e outras 210 foram reassentadas em novas casas construídas na própria vila.

“Agora a Terra Santa tem dono. Os donos são todos vocês, pois a escritura de propriedade garante que vocês poderão deixar esse legado para seus filhos e netos. A casa da gente é o bem mais precioso que podemos ter. E com este documento em mãos vocês passam a ser oficialmente proprietários dos locais onde vivem”, falou o prefeito.

A vila Terra Santa surgiu em 1999 em área de fundo de vale que acabou sendo devastada pela ocupação indevida. Para recuperar a área e melhorar a condição de vida das famílias, a Cohab realizou um projeto de urbanização. Inicialmente 479 famílias foram transferidas para o Moradias Laguna, construído nas proximidades.

Outras 210 famílias também receberam casas novas, mas dentro da própria vila, que também teve ruas pavimentadas e implantação de redes de água, esgoto e energia elétrica. A área de preservação ambiental, antes habitada irregularmente, foi totalmente recuperada e ganhou espaços de lazer, canchas esportivas e ciclovia. “A Prefeitura e a Cohab promoveram uma verdadeira transformação na Terra Santa”, afirma Luciano Ducci.

Estiveram presentes no evento de entrega de escrituras o presidente da Cohab, Ibson Campos, o presidente da Cohapar, Mounir Chaowiche, o secretário municipal de Relações com a comunidade, Fernando Guedes, o administrador Regional do Pinheirinho, Fernando Janz, os deputados estaduais Osmar Bertoldi e Mauro Moraes, além do vereador Beto Moraes.

Conquista – O aposentado Azuil Martins, 74 anos, e sua esposa Enedina Martins, 62, moram na vila Terra Santa desde o início da ocupação. Felizes com a conquista da escritura eles relembram os tempos difíceis. “Agora a vila está ficando uma maravilha, mas antes isso aqui era só barro. Quando chovia inundava tudo. Estamos muito contentes em conseguir este documento, porque agora a casa é mesmo nossa”, diz ele.

O servente de limpeza Luciano Batista, 36, e a esposa Solange Lopes, 33, moram com um casal de filhos na vila desde 2003. “A maior alegria é saber que agora moramos em um lugar de que somos donos. Vamos poder deixar o terreno para os filhos e isso dá mais tranquilidade. E o melhor é que quando eles forem adultos este lugar vai estar ainda mais bonito”, afirma Batista.

Passo a passo - O primeiro trabalho da Cohab no processo de regularização fundiária é levantar a documentação da área ocupada para saber se é pública ou particular. Em seguida realizam-se serviços topográficos para definir a configuração da ocupação e com base nos levantamentos elabora-se a planta do loteamento.

O serviço social da Companhia identifica as famílias, cadastra os moradores e numera as casas. Após aprovada e registrada a planta junto ao município, as famílias assinam contrato para posteriormente receberem as escrituras de propriedade, registradas em cartório. É o documento que comprova a posse individual do lote.

« voltar
 

Rua Barão do Rio Branco, 45 - Centro - Curitiba - PR | CEP: 80010-180 | Fone: 0800-413233 - (41) 3221-8100

Desenvolvido por GPA'prospera