Publicado em 11/14/2012 12:16:56 PM

Mais 312 famílias deixam áreas de risco e recebem casas novas

Moradias Boa Esperança III, no Tatuquara, vai abrigar moradores de quatro ocupações irregulares

Começou nesta terça-feira (13) o reassentamento de famílias de áreas de risco para o Moradias Boa Esperança III, empreendimento com 312 unidades habitacionais construído no Tatuquara para abrigar moradores de quatro diferentes ocupações irregulares. Na primeira etapa de relocações receberam as chaves das novas moradias famílias das vilas Terra Santa, no Tatuquara e Ulisses Guimarães, no Pinheirinho.

Nas próximas semanas serão reassentados moradores oriundos das Vilas Bela Vista da Ordem e Beira Rio, ambas no Tatuquara, nas proximidades do novo conjunto. O Moradias Boa Esperança III foi construído com investimento de R$ 11,7 milhões, recursos do programa Minha Casa Minha Vida. São dez casas térreas e 302 sobrados de dois quartos.

A ocupação das unidades foi definida por um sorteio realizado em outubro, sob coordenação da Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab). As casas térreas foram reservadas para idosos com laudo médico indicando dificuldade de locomoção e para pessoas com deficiência. Os sobrados de esquina, cujos terrenos são maiores, foram destinados entre famílias numerosas e moradores que desejam montar um comércio, para possibilitar futura ampliação da construção.

A infraestrutura do empreendimento inclui ruas asfaltadas, redes de água, energia elétrica, iluminação pública, coleta e tratamento de esgoto e drenagem. “ A região do Tatuquara conta com atendimento de equipamentos públicos como CMEI (creche) e escola. Na mesma rua do conjunto será construído um terminal de transporte, uma Rua da Cidadania e uma Unidade de Saúde”, explica o presidente da Cohab, Ibson Campos.

Mudança de vida – O vigilante Ademilson Soares, 32 anos, foi dos primeiros a chegar ao novo conjunto, na manhã de terça-feira (13). Ele morava sozinho na Vila Ulisses Guimarães há 12 anos, em uma casa precária de madeira, onde sofria com os alagamentos e outros problemas. “Lá como era beira de rio a gente sofria com as chuvas, pois acabava alagando em frente de casa. Outro problema é a quantidade de ratos que apareciam”, conta.

Com relação ao novo lar, ele é só elogios. “Muito bom o sobrado, gostei bastante do conjunto também, todo com ruas asfaltadas. Espero levar uma vida tranquila aqui na nova morada”, afirma.

O casal Eder dos Santos, 24 anos, e Bruna Forgati, 25, ficou com um dos sobrados de esquina, que tem o terreno maior para possibilitar ampliação. Eles vão morar com os três filhos no sobrado e pretendem construir mais dois cômodos no terreno para abrigar os irmãos de Bruna.

Acostumados a viver em beira de rio na vila Ulisses Guimarães, a família espera agora encontrar outra realidade. “Adoramos a região, parece ser bem calma, do jeito que a gente gosta. Dá até para deixar as crianças brincarem na rua, sem perigo”, diz a mãe.

Além da construção de mais dois cômodos, Éder pretende erguer o muro e instalar o piso cerâmico. “Quero deixar o sobrado com a nossa cara. Aos poucos vamos melhorando nossa casinha”, destaca ele.
 

« voltar
 

Rua Barão do Rio Branco, 45 - Centro - Curitiba - PR | CEP: 80010-180 | Fone: 0800-413233 - (41) 3221-8100

Desenvolvido por GPA'prospera