Publicado em 12/17/2012 12:14:19 PM

47 famílias deixam a margem do rio Atuba para viver em casas da Cohab

O reassentamento faz parte da intervenção em áreas de risco, em quatro Vilas localizadas na área de abrangência da bacia do rio Atuba

Para 47 famílias que viviam em situação de risco na margem do rio Atuba, no Bairro Alto, o final do ano chegou com boas notícias: esta semana elas estão sendo transferidas pela Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab) para casas novas no Moradias Jardim Alegre, no Santa Cândida. O início da mudança foi acompanhado nesta segunda-feira (17) pelo prefeito Luciano Ducci.

“O reassentamento traz uma nova perspectiva de vida para estas famílias. Elas estão deixando uma situação crítica e o risco de enchentes e passam a morar em condição de segurança e dignidade”, disse o prefeito.

Durante a visita ao local de reassentamento, o prefeito estava acompanhado do secretário municipal de Habitação, Osmar Bertoldi, do presidente da Cohab, Ibson Campos, e da administradora regional da Boa Vista, Janaína Gehr.

O empreendimento Moradias Jardim Alegre, na estrada de Santa Cândida, foi criado para abrigar moradores das Vilas Paraíso, Higienópolis I, II e III, que viviam ameaçados de alagamentos a qualquer chuva que fazia o nível do rio Atuba subir.

Juliana de Cássia da Silva conhece bem esta realidade. Ela morou durante 15 anos na beira do Atuba e viu muitas vezes a água tomar sua casa. Aos 26 anos, com um filho Eduardo, de 5 anos, ela  teve sua casa interditada pela Cosedi em 2010 e estava provisoriamente abrigada com parentes. Por isso, ela festejou a mudança – a primeira a chegar ao Jardim Alegre nesta segunda-feira (17). “Foi o melhor presente de Natal que já recebi na vida. Agora, eu tenho um endereço fixo e uma moradia decente”, disse ela ao prefeito.

Ivone de Souza Lima, outra moradora reassentada, viveu 18 anos na beira do rio e, ao longo deste tempo, perdeu a conta de quantas enchentes enfrentou. Na casa nova, ela vai morar com o marido e dois dos quatro filhos. Todos já estão fazendo planos para o futuro. A primeira providência foi colocar piso cerâmico e, aos poucos, a família quer fazer outras melhorias. “Morava em uma casa maior, mas sem nenhuma segurança. Aqui, é melhor, porque, além de não haver risco, teremos confiança para investir”, falou.

Investimento - O Moradias Jardim Alegre foi implantado numa área de 145,9 mil metros quadrados e está sendo entregue gradativamente, a medida que as casas ficam prontas. Com 415 unidades em seu projeto, o empreendimento conta com 220 casas já concluídas (incluindo as 47 entregues esta semana). Há, ainda, mais 70 que estão em obras e outras 125 que estão sendo licitadas para início de construção no próximo ano.

O projeto significa um investimento de R$ 16,1 milhões e está sendo viabilizado com recursos do município e do governo do estado, além de financiamento do programa PróMoradia, do governo federal, contratado pela Prefeitura. Este valor inclui os custos de terreno, implantação de infraestrutura e construção de casas.

As unidades do Moradias Jardim Alegre têm entre um e três quartos e são destinadas às famílias em função da composição familiar. A transferência para as casas novas é coordenada pelo serviço social da Cohab. A Companhia fornece apoio de transporte e mão de obra no dia da mudança. A condição para que as famílias sejam reassentadas é a demolição da casa que ocupavam na área de origem, para evitar que outras famílias se instalem na beira do rio.

Após a saída dos moradores da faixa de preservação permanente do rio Atuba será recuperada. “Estão previstas a recomposição da vegetação e a implantação de equipamentos de lazer e recreação, para dar à área um uso compatível com a preservação e evitar uma nova ocupação indevida”, informa o presidente da Cohab. 
 

« voltar
 

Rua Barão do Rio Branco, 45 - Centro - Curitiba - PR | CEP: 80010-180 | Fone: 0800-413233 - (41) 3221-8100

Desenvolvido por GPA'prospera