Publicado em 3/4/2013 4:59:53 PM

Famílias visitam apartamentos em fase de acabamento

Residenciais Parque Iguaçu I e II vão atender famílias com renda até R$1,6 mil

A um passo da casa própria. Esta foi a sensação vivida por famílias inscritas no cadastro da Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab) durante visita aos  Residenciais Parque Iguaçu I e II, para onde irão se mudar em breve. Foi, na prática, uma espécie de “reconhecimento de território”, que ocorreu no último sábado (2), como parte dos preparativos para a mudança.

Os dois empreendimentos, em fase final de obras, estão localizados no bairro do Ganchinho e a visita serviu também para auxiliar os moradores na escolha das unidades, que será definida por sorteio a ser realizado nos dias 12 e 13 próximos, no ginásio de esporte da praça Oswaldo Cruz.

Durante o passeio pelos Residenciais, as famílias foram atendidas por técnicos da Cohab, da Caixa Econômica Federal e da empreiteira. Elas receberam informações gerais sobre os dois conjuntos e foram orientadas a conferir a localização dos blocos e a distribuição dos apartamentos para fazer a escolha da unidade no dia do sorteio.

As famílias que irão morar no Parque Iguaçu I e II têm renda mensal de até R$ 1,6 mil e pagarão pelos imóveis prestações equivalentes a 5% da renda familiar. Isso quer dizer que a valor máximo mensal será R$ 80, pelo prazo de 10 anos. Após este período, o apartamento estará quitado.

Os dois Residenciais estão inseridos em um projeto maior, que inclui também o Parque Iguaçu III, ainda em obras. No total, os três empreendimentos têm 1.411 unidades e são resultado de parceria entre a Cohab e a Caixa Econômica Federal. Juntos, os Residenciais representam um investimento de R$ 63,5 milhões, financiados com recursos do programa Minha Casa, Minha Vida, do governo federal.

O Parque Iguaçu I é composto por 416 apartamentos, duas quadras poliesportivas, dois salões de festa e quase quatro mil metros quadrados de áreas de recreação com parquinhos infantis. Já o Parque Iguaçu II possui 352 apartamentos, uma quadra poliesportiva, um salão de festas e 3,5 mil metros quadrados de áreas de recreação com parquinhos infantis.

Visita

A visita foi acompanhada por técnicos que prestaram esclarecimentos diversos aos futuros moradores. Na ocasião, além de conhecer o novo conjunto onde irão viver, os presentes puderam marcar o número dos apartamentos de sua preferência.

Os funcionários da Cohab orientaram os visitantes para a posição das unidades em relação ao sol, além de outras questões. “Explicamos que as famílias que possuem idosos devem evitar os andares mais altos por causa dos lances de escada. E aqueles que têm filhos devem priorizar os blocos próximos ao parquinho e às quadras”, conta a técnica da Cohab, Regina Fedalto.

A ocupação das unidades será definida por sorteios, que acontecem nos próximos dias 12 e 13. Durante a visita, os presentes anotaram quatro opções de imóveis para escolher. Cada família determinada por ordem de sorteio vai escolher o apartamento em que vai morar. As ouras três opções são para o caso de a unidade prioritária já ter sido escolhida por outro morador.

Adeus aluguel

O técnico de operações ferroviárias Emerson dos Anjos, 29 anos, compareceu à visita na companhia de sua esposa Viviane, 21 e do pequeno Pedro, de um ano. “Achamos o condomínio ótimo e o apartamento também. E o melhor é que para morar aqui vamos pagar uma prestação bem acessível”, diz ela.

Hoje, a família paga aluguel de R$ 700 em um apartamento, mas já faz planos para o dinheiro que será economizado quando mudarem para o novo lar. “Vou poder realizar o antigo sonho de comprar um carro”, ressalta ele.

O casal Jeferson de Freitas, 39, e Rosimeri da Silva, 34, está contando os dias para a mudança. Eles têm três filhos, de 18, 13 e três anos e para agradar a mais nova escolheram apartamentos que ficam próximos ao parquinho. “Preferimos perto do parquinho para ficar olhando ela brincar”, afirma o pai.

O principal motivo da alegria do casal é se ver livre do aluguel de R$ 500 que pagam para morar em uma casa no próprio Ganchinho. “Com o dinheiro que vai sobrar nós vamos investir no apartamento, comprar móveis novos e eletrodomésticos. Estamos muito contentes”, finaliza Rosimeri.
 

« voltar
 

Rua Barão do Rio Branco, 45 - Centro - Curitiba - PR | CEP: 80010-180 | Fone: 0800-413233 - (41) 3221-8100

Desenvolvido por GPA'prospera