Publicado em 5/9/2013 9:27:46 AM

Famílias de beira de rio recebem novas casas no Santa Cândida

Empreendimento abriga moradores retirados de área de risco na beira do rio Atuba

Setenta famílias que habitam as margens do rio Atuba estão sendo transferidas, nesta semana, pela Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab) para novas casas do conjunto Moradias Faxinal, construído no bairro Santa Cândida. Na quarta-feira (08) foram reassentadas 22  famílias e nesta quinta-feira (09) e sexta-feira (10) serão liberadas outras 48 casas.

O Moradias Faxinal está sendo entregue gradativamente conforme as casas ficam prontas. Ao todo serão 415 unidades, das quais 220 já estão ocupadas por famílias das vilas Paraíso e Higienópolis I, II e III, todas no Bairro Alto. Após a ocupação das 70 moradias desta etapa, restará a entrega de outras 125 casas que estão em processo de licitação.

Na quarta-feira (08), as mudanças foram acompanhadas pelo secretário municipal de Habitação, Osmar Bertoldi e pelo presidente da Cohab, Ubiraci Rodrigues. “Estas pessoas vão deixar a situação de risco em que vivem e passarão a morar em casas seguras e regularizadas pelo município”, explica Bertoldi.

O projeto significa um investimento de R$ 16,1 milhões, recursos do município e do governo do estado, além de financiamento do governo federal, contratado pela Prefeitura. As unidades têm entre um e três quartos e são destinadas às famílias de acordo com a composição familiar.

O empreendimento tem infraestrutura completa, com redes de água, coleta e tratamento de esgoto, energia elétrica, iluminação pública e ruas pavimentadas. No local, a Prefeitura construiu uma creche (CMEI) para atender a população reassentada. O equipamento, que já está funcionando, significa um investimento adicional de R$ 1 milhão.

Vida nova
A manicuri Márcia Ribeiro, 31 anos, morou na beira do rio Atuba desde que era criança. “Cresci ali em meio ao barro, mas felizmente agora minha vida vai mudar. Estou muito feliz de vir para a casa nova. Aqui vamos estar mais tranquilos, sem perigo de enchentes e tragédias”, afirma ela, que vai morar com o marido Luciano, 33, e a filha Natali, de 11 anos.

A casa de madeira em que viviam a dona de casa Maria Augusta, 73 anos e sua filha Maria Helena, 56, estava com risco de desabar. “A gente não tinha mais sossego, estava ficando muito perigoso. Foi um alívio fazer a mudança aqui para o Faxinal. A casa é ótima, perfeita para nós duas”, comemora.

A aposentada Palmira de Siqueira, 75 anos, viveu por quatro décadas nas margens do rio, onde enfrentou, além de pequenos alagamentos, duas grandes enchentes. “Foi muito triste na época, porque perdemos tudo. Graças a Deus isto ficou para trás e agora estamos de casa nova, que é muito bonita e confortável”, finalizou.

« voltar
 

Rua Barão do Rio Branco, 45 - Centro - Curitiba - PR | CEP: 80010-180 | Fone: 0800-413233 - (41) 3221-8100

Desenvolvido por GPA'prospera