Publicado em 6/4/2013 5:29:38 PM

Avançam as obras em complexo de 1.000 moradias populares no Santa Cândida

Residenciais Aroeira e Imbuia devem ser liberados no final do ano para inscritos na fila da Cohab e famílias que serão reassentadas de áreas de risco

Uma grande obra do programa habitacional do município está entrando na reta final. Localizado no bairro Santa Cândida, o complexo que engloba os Residenciais Aroeira e Imbuia chegou a 85% das obras concluídas. As 1.000 unidades serão destinadas para inscritos na fila da Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab) com renda até R$ 1,6 mil e famílias que serão retiradas de áreas de risco social.

Do total, 108 imóveis destinados à fila ainda estão sem ocupação definida. Na próxima segunda-feira (10) serão sorteados 95 apartamentos e 13 casas adaptadas para pessoas com deficiência.

Antes de liberar as 1.000 unidades, a Prefeitura ainda vai pavimentar as ruas de acesso aos conjuntos e concluir as obras de infraestrutura no local. Depois desta etapa, há um prazo de 60 dias para a legalização de questões documentais do empreendimento.

“Após a Secretaria Municipal do Urbanismo emitir o Certificado de Vistoria e Conclusão de Obras e do registro em cartório dos conjuntos, será necessária a instalação formal dos condomínios. Encerrado o cumprimento destas exigências poderemos entregar as chaves para as famílias, o que deve ocorrer mais perto do final do ano”, explica o presidente da Cohab, Ubiraci Rodrigues.

Empreendimento
O Residencial Imbuia será formado por 35 blocos com 16 apartamentos cada, o que totaliza 560 habitações. Já o Residencial Aroeira vai contar com 30 casas adaptadas para pessoas com deficiência, 122 sobrados e mais 18 blocos de 16 apartamentos cada. Para a execução de toda a obra estão sendo investidos R$ 54,8 milhões, recursos do programa Minha Casa Minha Vida, do governo federal.

Os imóveis, com dois quartos, têm custo de R$ 54 mil (casas e sobrados) e R$ 55 mil (apartamentos) e estão distribuídos em condomínios que contam com área de estacionamento, parquinho infantil e salão de festas com churrasqueira comunitária. As prestações terão valores entre R$ 25 e R$ 80, pelo prazo de dez anos. Após este período o imóvel estará quitado, pelo valor máximo de R$ 9,6 mil.

“É uma excelente oportunidade para estas famílias de menor renda, pois há um grande subsídio do governo. Na prática elas vão pagar pouco mais de 17% do valor do imóvel, para viver em uma moradia de boa qualidade”, afirma o presidente da Cohab.

O complexo todo será habitado por cerca de 3,5 mil pessoas, o que representa uma população maior do que alguns bairros de Curitiba como Cascatinha, Caximba, Hugo Lange e Taboão. No estado do Paraná existem 42 municípios que não chegam a atingir este número de habitantes.

Para garantir o atendimento aos futuros moradores, o projeto do empreendimento reservou áreas para construção de duas escolas (uma estadual e uma municipal) e uma creche. “Para implantação da creche nas proximidades dos conjuntos já foram destinados recursos do governo federal”, destaca Rodrigues.

Destinação

Do total de unidades do grande complexo, 440 serão designadas para moradores de ocupações irregulares que vivem em situação de risco social. Serão reassentadas famílias das vilas, Santos Andrade, São Carlos, José Baggio, Hakim, Califórnia e São Francisco de Assis.

As demais 560 moradias serão ocupadas por inscritos na fila da Cohab com renda até R$ 1,6 mil, das quais 452 unidades já estão destinadas para famílias que foram contempladas em sorteio realizado em outubro de 2012, conforme prevê a normativa do programa federal. O sorteio das últimas 108 unidades, que acontece na segunda-feira (10), irá encerrar a ocupação dos conjuntos.

Participam do processo famílias que atendem a pelo menos um destes critérios: são chefiadas por mulheres; desabrigadas de áreas de risco ou insalubres; enfrentam situação de vulnerabilidade e são assistidas pela rede de proteção do município; têm entre seus membros pessoa com deficiência; têm no mínimo um dependente com menos de 18 anos e comprometem parte do orçamento com o pagamento de aluguel.

« voltar
 

Rua Barão do Rio Branco, 45 - Centro - Curitiba - PR | CEP: 80010-180 | Fone: 0800-413233 - (41) 3221-8100

Desenvolvido por GPA'prospera