Publicado em 6/27/2013 6:49:13 PM

Famílias sorteadas comparecem à Cohab para adquirir moradias

Os contemplados irão morar nos residenciais Aroeira e Imbuia, no Santa Cândida

As 169 famílias que foram sorteadas para aquisição de apartamentos no bairro Santa Cândida participaram de reuniões informativas nesta quinta-feira (27), na sede da Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab).  Os participantes receberam informações sobre o empreendimento e sobre as condições de financiamento. Os interessados em adquirir uma unidade vão encaminhar documentação para contratação de unidades junto à Caixa Econômica Federal.

As famílias foram sorteadas em reunião pública ocorrida no dia 10 deste mês, no Salão de Atos do Parque Barigui. São inscritos na fila da casa própria com renda de até R$ 1.600 mensais, a chamada faixa 1 do programa Minha Casa Minha Vida, que financia as obras. Elas foram sorteadas entre cerca de 40 mil inscritos que atendiam os critérios previstos no MCMV para atendimento habitacional.

São famílias chefiadas por mulheres; desabrigadas de áreas de risco e insalubres; inseridas na rede de proteção social do município porque enfrentam situação de vulnerabilidade habitacional ou social; têm entre seus membros pessoa com deficiência; contam com no mínimo um dependente com menos de 18 anos e comprometem parte do orçamento com o pagamento de aluguel. Para serem sorteadas, elas deveriam se enquadrar em pelo menos um dos critérios.

Cotas –
Entre os 169 sorteados, há 18 inscritos que foram incluídos no sistema de cotas do programa habitacional do município, que prevê a reserva de unidades para idosos, pessoas com deficiência e famílias em situação de vulnerabilidade habitacional (3% do total de imóveis disponíveis para cada grupo). Há, ainda, 26 sorteados (entre preferenciais e reservas) que são usuários de cadeira de rodas, para os quais serão destinadas casas térreas adaptadas, com portas mais largas e rampas de acesso.

A frentista Marília Cristina dos Santos, 38 anos, foi contemplada nas cotas, pois sua filha Maria Vitória, de 9 anos, tem hidrocefalia e usa cadeira de rodas. A família será atendida com uma casa adaptada. Atualmente mãe e filha vivem na casa do irmão de Marília, no Sítio Cercado.

“Não vejo a hora de pegar a chave da casa nova. Lá no meu irmão é complicado porque tem pouco espaço. É ruim de locomover a Vitória e principalmente de dar banho. Na casa nova teremos portas mais largas e estou muito feliz em dar maior qualidade de vida para minha filha”, afirma Marília.

Nas reuniões foram ofertadas 108 unidades, entre apartamentos e casas adaptadas. O número de convocados incluiu uma reserva de 61 inscritos, para suprir os casos em que a família sorteada como preferencial não demonstra interesse pelo imóvel ofertado ou esteja impedida de contratar financiamento (por exemplo, em situações em que a comprovação de renda resulte em ganhos superiores a R$ 1.600).

Empreendimentos - As 108 unidades estão localizadas nos empreendimentos Residencial Aroeira e Residencial Imbuia, no final da rua Wallace Landal, no Santa Cândida.

Os imóveis, com dois quartos, têm custo final de R$ 54 e R$ 55 mil (de acordo com a metragem) e estão distribuídos em condomínios que contam com área de estacionamento, parquinho infantil e salão de festas com churrasqueira comunitária. As prestações terão valores entre R$ 25 e R$ 80, pelo período de dez anos.

Adeus Aluguel- A zeladora Raquel Ribeiro, 38 anos, está prestes a deixar para trás o aluguel de R$ 350 que paga em uma casa no Pinheirinho, onde mora com as duas filhas. Ela foi sorteada e agora vai entregar a documentação com vistas a adquirir o imóvel. “Estou bem esperançosa. Para nós será uma benção este apartamento. Com o dinheiro que vou economizar do aluguel quero mobiliar a casa nova”, comemora.

« voltar
 

Rua Barão do Rio Branco, 45 - Centro - Curitiba - PR | CEP: 80010-180 | Fone: 0800-413233 - (41) 3221-8100

Desenvolvido por GPA'prospera