Publicado em 7/11/2013 12:41:09 PM

22 famílias da Vila Icaraí são transferidas para casas novas no Uberaba

A transferência faz parte do programa habitacional do município

Depois de cinco anos, acabou nesta quinta-feira (11) o sofrimento de Tânia e Márcio Pedroso. Eles deixaram uma precária casa de madeira na Vila Icaraí e foram transferidos para uma nova residência, de alvenaria e com dois quartos, no empreendimento Moradias União Ferroviária, no Uberaba. A transferência alcançou outras 21 famílias que viviam na mesma área, num dos pontos mais críticos do chamado bolsão Audi – União, um conglomerado de sete Vilas irregulares que está recebendo investimentos gradativos do programa habitacional do município.

“O reassentamento vai melhorar a condição de vida das famílias que estão em local insalubre e sem infraestrutura, enfrentando riscos de alagamentos e sujeitas a doenças. Com a mudança para as casas novas, elas ganham mais segurança e dignidade”, diz o presidente da Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab), Ubiraci Rodrigues.

É justamente esta conquista que é ressaltada pelo casal Tânia e Márcio. “Há muito tempo esperavámos ter um lugar melhor para morar”, falou ela. “Agora, somos realmente cidadãos”, complementou ele. Os dois têm uma filha de 14 anos e chegaram à Vila Icaraí depois de morar por muito tempo em casa alugada e de uma temporada – sem sucesso – no Mato Grosso. “Voltamos para nossa cidade e, depois de sofrer alguns anos na área irregular, alcançamos o sonho de viver em um imóvel decente”, disse Márcio.

Ele trabalha como vigilante e Tânia como diarista. Na ocupação irregular, eles moravam em uma casa de madeira velha, com cinco peças. “Às vezes, parecia que ela iria cair e ficávamos rezando para que nada de ruim acontecesse conosco. Por isso, estou muito feliz com a mudança”, falou Tânia.

Para o casal Leonete Francisco de Azevedo e Carlos Roberto dos Santos, o sofrimento na Vila Icaraí durou ainda mais tempo. Eles viveram lá durante 15 anos e estavam entre os primeiros moradores do local. Foi ali que nasceu o filho Marlon, hoje com 10 anos. “Estava muito ansiosa para mudar”, conta Leonete. Agora, os planos do casal incluem a ampliação da casa. “Vamos ter mais ânimo para investir em melhorias, porque temos agora um imóvel próprio”, disse Carlos, que é pedreiro e pretende fazer por conta própria a obra.

Parque – O empreendimento Moradias União Ferroviária está sendo construído pela Cohab em área próxima ao Parque da Imigração Japonesa, ao lado do bolsão, em pontos onde não há risco para permanência das famílias. A transferência dos moradores em situação de risco está sendo feita de maneira gradativa, a medida que as casas ficam prontas.

Com as 22 que estão sendo entregues esta semana, completam-se 273 unidades entregues, das 469 que estão previstas. A operação de reassentamento é acompanhada por técnicos da área social da Cohab. As famílias recebem ajuda de transporte e mão de obra para a mudança. As casas que ficam na Vila são demolidas para evitar uma nova ocupação indevida.

A implantação do Moradias União Ferroviária significa um investimento de R$ 10,2 milhões, com recursos da Prefeitura e dos governos federal (Programa de Aceleração do Crescimento – PAC) e estadual.

Para melhorar a condição de vida da população reassentada e das famílias que vivem no bolsão, a Prefeitura está melhorando a rede de serviços e equipamentos públicos da área. No local, foram instaladas duas creches, uma escola municipal, duas unidades de atendimento da FAS e um Centro da Juventude. Na vizinhança, há duas unidades de saúde.

Mais reassentamento – Além da transferência de famílias da Vila Icaraí, a Cohab realizou esta semana reassentamento em outros dois empreendimentos. Para o Moradias Corbélia, na Cidade Industrial, foram transferidas na terça-feira (9) quatro famílias, das Vilas Nossa Senhora da Paz, Nápolis e Alto Barigui – áreas da região CIC que estão na área da abrangência da bacia do rio Barigui.

Outras 12 famílias que vivem na faixa de preservação do Ribeirão dos Padilha, nas Vilas 23 de Agosto, Osternack e Campo Cerrado, estão mudando nesta sexta-feira (12) para o Moradias Jandaia, no Sítio Cercado.
 

« voltar
 

Rua Barão do Rio Branco, 45 - Centro - Curitiba - PR | CEP: 80010-180 | Fone: 0800-413233 - (41) 3221-8100

Desenvolvido por GPA'prospera