Publicado em 9/4/2013 3:10:42 PM

167 famílias escolhem apartamentos na região norte

Residencial Cedros vai contemplar inscritos na fila da Cohab

Parte das 544 famílias que foram contempladas com apartamentos no Residencial Cedros - conjunto que está em obras no bairro Cachoeira - estiveram na sede da Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab) nesta quarta-feira (04) para escolher as unidades que vão ocupar. Os apartamentos foram destinados para famílias inscritas na fila da Cohab com renda entre  R$ 1.601 e R$ 3.275.

Os convocados já encaminharam a documentação necessária para aprovar o financiamento junto à Caixa Econômica Federal. Conforme os cadastros são pré-aprovados, os beneficiados estão sendo chamados para escolher os apartamentos, respeitando a ordem cronológica de inscrição. Na quarta-feira (04), 167 inscritos escolheram seus apartamentos.

“São mais centenas de pessoas que vão sair do aluguel ou deixar de morar de favor na casa de parentes para serem proprietárias de um imóvel próprio. Isto eleva a autoestima dos cidadãos, que também garantem um patrimônio para deixar aos filhos”, destaca o presidente da Cohab, Ubiraci Rodrigues.
 
O empreendimento -
Para a construção do Residencial Cedros estão sendo investidos R$ 52,7 milhões, recursos do programa Minha Casa Minha Vida. O condomínio é formado por 34 blocos com quatro pavimentos de quatro apartamentos cada. As unidades terão 2 quartos, sala, cozinha e banheiro. Na área comum haverá parquinho infantil, salão de festas com churrasqueira e estacionamento.

O conjunto fica no bairro Cachoeira, na divisa com o Santa Cândida, em região atendida por equipamentos públicos como escola, creche e unidade de saúde. O Residencial Cedros faz parte de um complexo maior junto a outros três empreendimentos em obras – os Residenciais Paineiras, Pinheiros e Figueira. No total, são 895 apartamentos.

O valor médio dos imóveis é de R$ 97 mil e a aquisição pelas famílias contempladas poderá ser financiada em até 25 anos. Conforme a faixa de renda, haverá subsídio de até R$ 17 mil no preço final - quanto menor a renda maior é o subsídio.

Quem tem FGTS ou poupança poderá utilizar este recurso para abater no financiamento e reduzir a prestação mensal, que também é variável de acordo com cada orçamento. Uma família com renda de R$ 1.601 vai pagar uma parcela de aproximadamente R$ 430.

Objetivo alcançado – Após 12 anos de casados, o analista de recursos humanos Luís Carlos, 39, e sua esposa Sílvia, 32, estão prestes a conquistar o primeiro imóvel próprio. Atualmente, o casal vive com as duas filhas, Yasmin de três e Isabele, 10 anos, no Sítio Cercado, na casa da mãe dele.

Graças ao programa habitacional do município, a família vai conseguir a sua independência. “Pela Cohab nós conseguimos este apartamento por um valor abaixo do que é praticado no mercado. É um sonho que estamos realizando, um grande objetivo alcançado”, comemora Carlos.

Quem também tem motivos para comemorar é a auxiliar administrativa Miriam Pacheco, 29 anos. Contemplada com um apartamento no Residencial Cedros, ela vai deixar para trás o aluguel de R$ 500 que paga para morar em um apartamento no bairro Portão. “Vou pagar um valor parecido em algo que será meu. Isto me garante maior estabilidade e segurança. Gosto muito da região do Santa Cândida, então tenho bastante motivo para estar feliz”, finaliza.

« voltar
 

Rua Barão do Rio Branco, 45 - Centro - Curitiba - PR | CEP: 80010-180 | Fone: 0800-413233 - (41) 3221-8100

Desenvolvido por GPA'prospera