Publicado em 10/23/2013 4:36:28 PM

Cohab vai receber a doação de casas feitas por novo sistema construtivo

Moradias vão atender situações emergenciais detectadas pelo serviço social da Companhia

A Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab) firmou um contrato com a empresa Inepar Triunfo Sistemas Construtivos, no qual está prevista a doação de cinco unidades habitacionais que serão erguidas por meio de um novo sistema construtivo patenteado pela empresa. As unidades servirão como uma amostra da aplicação do novo método no setor de moradia popular.

Participaram da assinatura do contrato de doação o secretário municipal de habitação, Osmar Bertoldi; o presidente da Cohab, Ubiraci Rodrigues; o presidente da empresa, Mário Pereira e o diretor financeiro da Cohab, Antônio Martins Neto. As cinco moradias que serão construídas pelo novo método serão destinadas para atendimento de situações emergenciais detectadas pelo serviço social da Companhia. Uma delas será localizada no Moradias Rio Bonito, no Tatuquara e as outras quatro no Moradias Diadema, no CIC.

De acordo com o presidente da empresa, Mário Pereira, a nova tecnologia trazida dos Estados Unidos, chamada inovatec, permite a construção de mais de mil casas por mês. “As placas utilizadas para montar estas cinco unidades que faremos a doação serão trazidas dos Estados Unidos, mas a partir de abril começaremos a produzir em nossa própria fábrica aqui em Curitiba, com uma capacidade de produção que poderá chegar a 13 mil casas em um ano”, afirma Pereira.

A intenção da empresa é trabalhar com unidades que atendam a faixa 1 do programa  Minha Casa Minha Vida, da qual participam famílias com renda até R$ 1,6 mil. “Queremos ser parceiros dos construtores para agilizar a execução das unidades. O custo médio de uma moradia executada com o nosso método é semelhante a uma casa de alvenaria tradicional, porém ganhamos na velocidade de produção. Uma equipe de quatro pessoas levanta uma casa em um dia, se não contarmos os acabamentos”, explica.

Sistema -  As casas erguidas pelo novo sistema são montadas por painéis compostos de fibra de vidro, resinas epóxicas e poliisocianurato. Segundo a empresa, a combinação dos materiais foi amplamente testada, com aprovação da sua eficiência. Além de mais veloz, segundo Pereira, o método apresenta outras vantagens. “Enquanto o modelo convencional registra perdas de material próximas a 30%, o novo método consegue reduzir este percentual para entre 2% e 3%, devido a uma aplicação mais eficiente”, destaca.

Os materiais utilizados no sistema novo não apresentam problemas como fissuras, infiltrações, emboloramento, descascamento da pintura ou deterioração precoce. As instalações elétricas e hidráulicas já vem embutidas nos painéis que formam as paredes da casa. A única estrutura que se assemelha ao método convencional é a fundação radier,  sobre a qual são instaladas as placas que compõe a moradia.

O presidente da Cohab, Ubiraci Rodrigues, ressalta a importância da busca por novas soluções. “Estamos sempre procurando alternativas para agilizar o atendimento à demanda por moradia na cidade. Talvez seja o início do que futuramente poderá ser considerada uma revolução na habitação popular”, projeta Rodrigues.

 

« voltar
 

Rua Barão do Rio Branco, 45 - Centro - Curitiba - PR | CEP: 80010-180 | Fone: 0800-413233 - (41) 3221-8100

Desenvolvido por GPA'prospera