Publicado em 11/1/2013 3:41:46 PM

Novo conjunto da Cohab ganha plantio de 400 mudas de árvores

Ação no Moradias Profetas, no Umbará, faz parte do trabalho ambiental realizado nos projetos de reassentamento de famílias de áreas de risco

O empreendimento Moradias Profetas, construído no bairro Umbará, recebeu nesta sexta-feira (01) o plantio de mais de 400 mudas de árvores variadas, como parte do trabalho ambiental desenvolvido pela Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab) nos projetos de reassentamento de moradores de áreas de risco. O novo conjunto é formado por 54 sobrados que serão destinados para a transferências de famílias que vivem hoje na Vila Parolin.

As ações da Cohab incluem as obras de construção das moradias, o trabalho social que é feito com as famílias atendidas e também conta com o componente ambiental. “Os projetos de reassentamento beneficiam não somente as famílias que são retiradas de beira de rios e recebem casas novas, mas também a cidade como um todo. Após a desocupação das áreas de proteção permanente habitadas de forma irregular, a Cohab e a Prefeitura executam a recuperação ambiental do local que estava degradado e para evitar uma nova ocupação são implantadas canchas esportivas e equipamentos de lazer”, explica o presidente da Cohab, Ubiraci Rodrigues.

Além da revitalização das áreas desocupadas, outras ações ambientais acontecem com as famílias antes, durante e depois das mudanças. O plantio das mudas de árvore faz parte deste trabalho que é realizado pela Cohab, em parceria com a Secretaria Municipal do Meio Ambiente. No Moradias Profetas foram plantadas em frente às casas 10 manacás e 37 extremosas, que são árvores de porte médio e com flores coloridas.

Na Área de Proteção Permanente (APP) que fica em frente ao conjunto foram plantadas outras 350 mudas de espécies variadas. Frutíferas como pitanga, araçá e gabiroba e outras como canela, erva-mate, açoita-cavalo, podocarpos, angico, branquilho, vacum, aroeira e imbuia.

As árvores, depois de crescidas, garantem a proteção térmica, criam locais de sombra, além de embelezar e valorizar o paisagismo do empreendimento, o que desperta o sentimento de pertencimento nos moradores. “É muito relevante estimular este sentimento, pois ele colabora para que as famílias permaneçam nos locais onde foram reassentadas”, destaca o presidente da Cohab.

A auxiliar de cozinha Márcia de Andrade, 34 anos e seu marido, o pedreiro Gelson Domingues, 39, serão moradores do novo conjunto, após viverem em beira de rio na Vila Parolin, por 18 anos. Sobre o plantio das mudas o casal aprova a iniciativa. “Vai ficar muito bonito, eu mesma adoro plantas e vou ajudar a cuidar, para também dar o exemplo para os vizinhos. As árvores trazem coisas boas para todos então tem mesmo que tomar conta”, diz ela.

O conjunto
O Moradias Profeta foi construído como parte do projeto de urbanização da Vila Parolin, a mais antiga ocupação irregular da cidade. Ao todo estão sendo beneficiadas 1.546 famílias – 716 com novas moradias, onde estão inclusas as unidades do Moradias profetas e outras 830 que recebem obras de infraestrutura. Além do novo conjunto no Umbará, 662 famílias  estão sendo reassentadas em novas casas construídas no próprio Parolin,das quais 336 já foram entregues.

A urbanização da Vila Parolin conta ainda com a recuperação ambiental das margens de rio que estavam devastadas pela ocupação indevida e a construção de uma escola com 14 salas de aula. Para complementar o projeto, a Prefeitura implantou no local um Centro de Referência em Assistência Social (CRAS), uma unidade de saúde e uma creche, além de um barracão de reciclagem do projeto EcoCidadão, já em funcionamento. Ao todo estão sendo investidos no projeto R$ 52,5 milhões, recursos do governo federal, governo do estado e da prefeitura.
 

« voltar
 

Rua Barão do Rio Branco, 45 - Centro - Curitiba - PR | CEP: 80010-180 | Fone: 0800-413233 - (41) 3221-8100

Desenvolvido por GPA'prospera