Publicado em 11/20/2013 3:51:11 PM

Famílias que deixarão áreas de risco participam de reunião sobre a vida em condomínio

Unidades do Residencial Novo Bairro IV serão destinadas para 112 famílias de oito ocupações irregulares

Moradores que serão atendidos com unidades habitacionais dos Residenciais Novo Bairro IV compareceram à Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab), nesta quarta-feira (20), para participarem de uma reunião informativa sobre o empreendimento e a convivência em condomínio. Na próxima quarta-feira (27), as 112 famílias farão uma vistoria nas unidades, construídas no bairro Ganchinho com recursos do programa Minha Casa Minha Vida.

O novo conjunto fica situado na rua Guaçuí, próximo à esquina com a Eduardo Pinto da Rocha, importante via de ligação entre bairros da região sul da cidade. Dividido em Novo Bairro I, II, III, IV e V, o empreendimento todo soma 649 moradias e representa investimento de 34,2 milhões, dos quais R$ 5 milhões foram usados para construção do Novo Bairro IV, formado por 112 apartamentos.

O conjunto será destinado para a transferência de famílias que vivem em situação de risco nas margens de diferentes rios da cidade. Serão beneficiados moradores das vilas Aurora, Americana e Coqueiros, no Sítio cercado; Formosa, no Novo Mundo, Esmeralda, Rex e Mariana, no Xaxim; Bela Vista da Ordem, no Tatuquara e Vila Torres, no Prado Velho.

O Novo Bairro IV vai contar com 6 apartamentos adaptados para usuários de cadeira de rodas. As outras 22 unidades térreas serão reservadas para idosos e pessoas com a mobilidade reduzida. O conjunto conta com guarita, salão de festas, estacionamento e parquinho infantil.

Condomínio -
A instalação do condomínio é uma exigência legal para o registro do empreendimento em cartório, antes da entrega dos imóveis. A reunião desta quarta-feira (20) teve objetivo de preparar os futuros moradores para o convívio coletivo. As famílias foram informadas da necessidade de eleger um síndico e criar um regimento interno, que irá determinar quais são as normas que vão detalhar o cotidiano do condomínio, em especial das áreas de uso comum, como corredores, parquinho, salão de festas e estacionamento.

Os próprios moradores, nas votações em assembleias, é que vão decidir o que será ou não permitido no interior do conjunto. Do mesmo modo será definido o valor mensal a ser pago pelo condomínio, de acordo com os serviços que forem implantados, como interfones e portaria.

Expectativa – A dona de casa Silvana Chaves da Silva, 38 anos, está contando os dias para deixar a casa em que vive na vila Formosa há uma década. Acostumada a sofrer com os alagamentos, ele já projeta uma vida mais tranquila para sua família. “São muitos anos de dificuldade por ser muito perto do rio, mas agora o sofrimento vai acabar. Estou muito contente em ir para um lugar melhor”, afirma. Seu filho Samuel, de 12 anos, também está satisfeito. “Ficou bem bonito o novo conjunto, vou gostar de morar lá”, comemora.

« voltar
 

Rua Barão do Rio Branco, 45 - Centro - Curitiba - PR | CEP: 80010-180 | Fone: 0800-413233 - (41) 3221-8100

Desenvolvido por GPA'prospera