Publicado em 3/17/2014 12:44:24 PM

Famílias se preparam para viver em condomínio

Futuros moradores do Residencial Imbuia I participaram de reunião explicativa sobre regras de convivência no novo conjunto

Famílias inscritas fila da Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab) e sorteadas para a aquisição de apartamentos tiveram o primeiro contato com a vida em condomínio. Os convocados participaram de uma reunião explicativa sobre convívio coletivo, na qual também foram abordadas as condições para instalação formal do condomínio. As famílias serão as futuras ocupantes dos 64 apartamentos do Residencial Imbuia I, conjunto do programa habitacional do município construído no bairro Santa Cândida.

O empreendimento, construído em parceria com a Caixa Econômica, faz parte de um grande complexo habitacional que vai atender 1.000 famílias com renda até R$ 1,6 mil. O Residencial Imbuia será formado por 35 blocos com 16 apartamentos cada, o que totaliza 560 habitações. Já o Residencial Aroeira vai contar com 30 casas adaptadas para pessoas com deficiência, 122 sobrados e mais 18 blocos de 16 apartamentos cada. Para a execução de toda a obra estão sendo investidos R$ 54,8 milhões, recursos do programa Minha Casa Minha Vida, do governo federal.

A primeira reunião aconteceu na semana passada, mas outras duas já estão agendadas para o mês de março. No dia 25 é a vez dos moradores que vão ocupar as 80 unidades do Imbuia II e para o dia 31 foram chamadas as famílias para quem serão destinados 112 apartamentos do Imbuia III. Os encontros têm objetivo de preparar os futuros moradores para viver coletivamente, seguindo regras de boa convivência.

“A maioria das famílias atendidas pela Cohab não possui experiência de vida em condomínio. Estas reuniões procuram despertar nos cidadãos algumas noções de coletividade para facilitar o convívio entre tantas pessoas de hábitos e culturas diferentes”, explica o presidente da Cohab, Ubiraci Rodrigues.

Condomínio - A instalação do condomínio é uma exigência para o registro do empreendimento em cartório, antes da entrega das chaves. As famílias são informadas da necessidade de eleger síndico e criar um regimento interno, que irá determinar quais são as normas que vão detalhar o cotidiano do condomínio, em especial das áreas de uso comum, como parquinho, quadras esportivas, salão de festas e estacionamento.

Os próprios moradores que decidem o que será ou não permitido no interior do conjunto, em votações nas assembleias. Do mesmo modo será definido o valor mensal a ser pago pelo condomínio, de acordo com os serviços que forem implantados, como interfones, portaria, vigilância, portão automático e outros.

De acordo com as regras do programa Minha Casa Minha Vida, nesta faixa de renda os beneficiados pagarão pelo imóvel prestações equivalentes a 5% da renda familiar, ou seja, o máximo de R$80, pelo prazo de 10 anos. Após este período, o apartamento estará quitado por um valor de R$9,6 mil.

Vida nova - Deixar de arcar com custas de aluguel, para morar em imóvel próprio pagando prestação máxima de R$ 80, permite uma significativa mudança na vida destas pessoas. O garçom José de Oliveira, 23 anos, vive com a esposa Karina, 22, e o pequeno Jonathan de dois meses em um apartamento alugado no Fazendinha. A família já tem planos para o dinheiro que vai conseguir economizar a partir de agora. “Guardar dinheiro pagando aluguel é muito complicado. Tendo nosso imóvel com uma prestação pequena dessas já dá para pensar em fazer uma poupança para nosso filho”, diz ele.

A dona de casa Tatiane Santana, 22 anos, mora com o marido e a filha Stefany, de 3 anos, em uma frágil casa de madeira no Santa Cândida. A família não vê a hora de mudar de situação. “A casa está caindo. Minha filha adora brincar pela casa e quando ela corre chega a balançar a estrutura. Vivemos com medo, mas felizmente a Cohab chamou e já estamos contando os dias para mudar de vida”, afirma ela.

Visita - As próximas atividades com os futuros moradores do Residencial Imbuia serão visitas ao empreendimento e a escolha das unidades. No dia da visita, as famílias serão orientadas por técnicos da Cohab para anotarem quais são os apartamentos de sua preferência. Por ordem de sorteio será definida a ocupação das unidades.

A primeira visita ocorre na sexta-feira (21), com as famílias do Imbuia I. No dia 28 é a vez do Imbuia II e dia 2 de abril os futuros moradores vão conhecer o Residencial Imbuia III.

« voltar
 

Rua Barão do Rio Branco, 45 - Centro - Curitiba - PR | CEP: 80010-180 | Fone: 0800-413233 - (41) 3221-8100

Desenvolvido por GPA'prospera