Publicado em 5/8/2014 4:24:12 PM

A caminho do cinquentenário, Cohab alcança a marca de 135 mil famílias atendidas

Em 49 anos, foram beneficiadas com a atuação da Companhia cerca de 500 mil pessoas

Um conjunto com 2.100 casas, a Vila Nossa Senhora da Luz, na então distante Cidade Industrial, foi o início de tudo. Com ela, a Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab) começou uma história que completa nesta quinta-feira (dia 8) 49 anos. Desde então, a Cohab beneficiou com sua atuação um total de 135.060 famílias, com a entrega de casas, sobrados e apartamentos, obras de urbanização e escrituras de áreas regularizadas.

“A partir da década de 1960, a atuação da Cohab foi decisiva para definir os contornos de novas áreas de expansão na cidade e, de certo modo, deu forma à estrutura de bairros como o Sítio Cercado, o Tatuquara e mais recentemente o Ganchinho”, diz o presidente da Companhia, Ubiraci Rodrigues.


Para lembrar esta história e dar início às comemorações do cinquentenário que será completado no próximo ano, os diretores e funcionários da Cohab receberam no dia do aniversário da Companhia, o primeiro presidente da empresa, Jefferson Wanderley.

Engenheiro e ex-vereador, ele foi chamado em 1965 pelo então prefeito Ivo Arzua para organizar a criação da Companhia e exerceu o cargo de presidente por três anos. Nesta condição, ele participou da entrega de unidades do primeiro conjunto habitacional construído pela Cohab em Curitiba, a Vila Nossa Senhora da Luz.

“Naquela época, ninguém sabia o que era uma companhia habitacional. Começamos o trabalho do zero e, hoje, vejo com satisfação que a Cohab já atendeu mais de 130 mil famílias. A semente que foi plantada em 1965 deu muitos frutos e com certeza contribuiu para a melhoria de qualidade de vida da população curitibana”, disse Wanderley.

Pioneira – Criada em maio de 1965, pela lei municipal 2.545, a Cohab de Curitiba foi uma das primeiras do país. Na época, estava sendo implantando o Sistema Financeiro da Habitação (SFH), que tinha como eixo central o Banco Nacional de Habitação (BNH). As companhias surgiram para atuar no nível local ou regional, como agentes promotores e financeiros.

Empresa de economia mista que tem a Prefeitura de Curitiba como acionista majoritário, a Cohab tem abrangência metropolitana, mas concentra na capital a maior parte de sua atuação. Responsável pelo planejamento e execução da política habitacional do município, a Cohab é hoje o agente operador do Fundo Municipal de Habitação de Interesse Social (FMHIS).

Cerca de 90% da produção histórica da Cohab tem endereço em Curitiba. Se for feita uma comparação entre o número de famílias atendidas ao longo dos anos na cidade e o número de domicílios registrados pelo IBGE no censo de 2010 pode-se dizer que 20% dos domicílios existentes em Curitiba são resultado da ação da Cohab.

“Se considerarmos a população beneficiada com a atuação da Companhia, chegamos a um número estimado em mais de 500 mil pessoas, o que significaria a segunda cidade do estado, comparável à Londrina, que tem, segundo o IBGE, 506 mil habitantes”, diz o presidente da Cohab.

Na atual gestão, a Cohab está inserida no programa Curitiba Metrópole e tem como principais objetivos a entrega de unidades para famílias inscritas na fila (cadastro de candidatos ao imóvel próprio) e para moradores de áreas de risco, além da urbanização de áreas precárias e da regularização de vilas irregulares.
Desde janeiro do ano passado, foram entregues 4.996 unidades para famílias da fila e reassentadas de áreas de risco. Outras 3.095 unidades estão em obras e, destas, 1.416 serão entregues nos próximos meses.

As obras em execução para atendimento à fila, reassentamento de famílias e urbanização de áreas precárias são resultado de parceria com o governo federal, utilizando recursos dos programas PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) e Minha Casa, Minha Vida (MCMV).

Os investimentos do município entram como contrapartida nos contratos e obras de infraestrutura dos empreendimentos. Os recursos globais aplicados em habitação em Curitiba significam cerca de R$ 560 milhões. Neste total, está incluído o valor dos contratos de urbanização e reassentamento (que vem sendo executados nos últimos cinco anos) e empreendimentos do programa Minha Casa, Minha Vida entregues em 2013 e em obras.

« voltar
 

Rua Barão do Rio Branco, 45 - Centro - Curitiba - PR | CEP: 80010-180 | Fone: 0800-413233 - (41) 3221-8100

Desenvolvido por GPA'prospera