Publicado em 5/20/2014 4:36:14 PM

Sites da Cohab e da Prefeitura reaproximam família que não se encontrava há mais de 40 anos

Moradora do Ganchinho reencontrou tia que saiu de Curitiba na década de 1970 e hoje mora em New Jersey, nos Estados Unidos

Personagem, em março último, de uma matéria sobre o atendimento às mulheres pelo programa habitacional do município, Ivone Wagner tem vivido intensas emoções nos últimos dias. O que seria uma simples entrevista para uma publicação nos sites da Companhia de Habitação Popular de Curitiba e da Prefeitura de Curitiba se tornou motivo para um inesperado reencontro.

Uma tia de Ivone, Erna Wagner, que mora na cidade de New Jersey, nos Estados Unidos, há mais de 40 anos, sem contato com a família que ficou no Brasil, leu a notícia, reconheceu a sobrinha e, por meio da Cohab, retomou o elo que estava praticamente perdido. As duas haviam trocado mensagem de e mail e telefonemas na semana passada, mas, nesta terça-feira (20), puderam, pela primeira vez após todo este tempo, ter um contato visual.

Pela Internet, acompanhadas de dois de seus filhos, elas conversaram por cerca de 40 minutos. Foi um reencontro virtual, mas cheio de emoção, dos dois lados: Ivone, em Curitiba, junto ao filho Luís Henrique, e Erna, nos Estados Unidos, com a filha Cynthia, que estava há meses ajudando a mãe na busca pelos  parentes que moram no Brasil.

E, de parte a parte, houve a promessa de não deixar mais o vínculo se desfazer, mantendo permanente contato. E, para tentar recuperar o tempo perdido, Erna está preparando uma visita a Curitiba, no segundo semestre, “em setembro ou outubro”, prevê.

História – Ivone mora num dos empreendimentos entregues pela Cohab no ano passado no bairro do Ganchinho e foi entrevistada para a matéria em função de sua história pessoal. Auxiliar de limpeza, divorciada há mais de 10 anos, ela é a única provedora da família e mora com dois dos três filhos, de 18 e 16 anos  (a mais velha é casada).

Erna, que já estava em busca de notícias da família no Brasil, encontrou esta publicação no site da Prefeitura no início de abril e, há cerca de 15 dias, conseguiu, com a ajuda da Cohab, restabelecer o contato com a sobrinha.

Quando Erna foi tentar a vida nos Estados Unidos, Ivone tinha apenas cinco anos. Na época, a família Wagner, de imigrantes alemães que deixaram a Europa no final da 2ª Guerra Mundial, morava na Vila Guaíra. Erna saiu de Curitiba acompanhada de três irmãs e o pai de Ivone (irmão de Erna) ficou no Brasil. Com o tempo, eles perderam o contato.

Pela Internet, Erna mostrou fotografias que havia guardado da família, algumas delas com Ivone ainda bebê. Ela disse que, neste tempo todo em que ficou distante, jamais deixou de pensar nos familiares que ficaram no Brasil. Por isso, afirmou que estava muito contente com o reencontro.

“Ivone, que era uma criança, se tornou uma mulher bonita e batalhadora. De agora em diante, não vamos mais nos separar. Graças ao trabalho da Prefeitura, nosso reencontro foi possível”, disse ela.

Ivone também ficou feliz. “Reencontrei minha tia e pude conhecer minha prima. Agora, além de ter conseguido a casa própria, ganhei de novo uma família que estava perdida”, falou.

« voltar
 

Rua Barão do Rio Branco, 45 - Centro - Curitiba - PR | CEP: 80010-180 | Fone: 0800-413233 - (41) 3221-8100

Desenvolvido por GPA'prospera