Publicado em 7/3/2014 2:51:15 PM

Famílias da fila da Cohab e moradores de áreas de risco recebem apartamentos no Santa Cândida

A entrega ocorreu durante evento que teve transmissão simultânea em 11 cidades do país

Para 480 famílias de Curitiba a espera pela casa própria chegou ao fim. Elas receberam nesta quinta-feira (3) as chaves dos apartamentos dos residenciais Aroeira IV, V e VI e Imbuia II e III, no bairro Santa Cândida. As unidades entregues foram construídas com recursos do programa Minha Casa, Minha Vida, do governo federal.

O evento, que teve a presença do prefeito Gustavo Fruet e do ministro da Educação, Henrique Paim, aconteceu de forma simultânea em outras 10 cidades do país, com transmissão direta de Brasília, onde estava a presidente Dilma Roussef. Nos 11 municípios que participaram da solenidade conjunta foram entregues 5,2 mil unidades do programa MCMV.

As famílias que receberam unidades no residencial Imbuia estavam inscritas na fila da Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab), enquanto as do residencial Aroeira são originárias de áreas de risco. Todas têm renda de, no máximo, R$ 1.600 mensais, e estavam inseridas na chamada faixa 1 do programa Minha Casa, Minha Vida, que conta com subsídio para aquisição das unidades.

“Para essas 480 famílias, começa uma nova vida. Além da casa própria, a Prefeitura preocupou-se também com a infraestrutura e com os equipamentos comunitários. Na área dos conjuntos vamos construir, em parceria com o governo federal, uma creche e uma escola municipal. Além disso, os moradores terão uma unidade de saúde nas proximidades e, no futuro, poderão contar com o Hospital da Zona Norte, que devemos licitar em breve”, disse Fruet.

No local da inauguração, foram instalados telões que transmitiram imagens  das cidades que participaram do evento junto com Curitiba: Brasília, Duque de Caxias e Belfort Roxo (Rio de Janeiro), Santo André e São Vicente (São Paulo), Joinvile (Santa Catarina), Betim e Governador Valadares (Minas Gerais), Juazeiro (Ceará) e Jequié (Bahia).

A presidente Dilma Roussef estava presente na entrega em Brasília, na região administrativa de Paranoá e anunciou o lançamento de uma nova etapa do programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV3), com mais 3 milhões de unidades em todo país.

Em Curitiba, também compareceram ao evento o superintendente regional da Caixa Econômica Federal, Vilmar Smidarle, e o presidente da Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab), Ubiraci Rodrigues.

A dona de casa Adriele Mari de Andrade Pires, acompanhada do marido, Luiz Fernando, e dos filhos Yuri (um ano), Yago (três) e Ygor (quatro), recebeu, em nome dos demais moradores, as chaves de um dos apartamentos. Ela foi contemplada com uma unidade mobiliada, montada para servir de referência ao programa Minha Casa Melhor, da Caixa Econômica Federal, que permite às famílias a compra, em condições facilitadas, de móveis e eletrodomésticos.

Vizinhos – Os residenciais Aroeira e Imbuia são empreendimentos vizinhos, localizados no final da rua Paulo Kulik, no Santa Cândida. Além dos 480 apartamentos liberados nesta quinta-feira, há ainda mais 520 unidades (casas, sobrados e apartamentos) que serão entregues posteriormente. O investimento global na execução dos dois empreendimentos soma R$ 54,8 milhões.

As 1.000 unidades totais são distribuídas em 11 condomínios, dotados de áreas de estacionamento e recreação, guarita e salão de festas com churrasqueira. Os projetos dos empreendimentos incluíram a preservação de um bosque e o plantio de 2.800 mudas de árvores de espécies nativas, para adensamento da mata ciliar do fundo de vale que margeia os conjuntos e também para dar mais vida à área interior dos condomínios.

Os empreendimentos também incluíram reserva de áreas para construção de equipamentos comunitários: duas escolas (uma estadual e uma municipal) e uma creche. A escola municipal e o CMEI já têm recursos assegurados. Além disso, uma unidade de saúde, Jardim Aliança, está em construção na vizinhança dos residenciais.

Para garantir o acesso aos condomínios, a Prefeitura investiu R$ 3,4 milhões na pavimentação de 2,9 quilômetros das ruas Paulo Kulik, Thereza Lopes Skroski, Walace Landal e Estevão Manika. Na fase de obras, o município  concedeu incentivos fiscais e construtivos para viabilizar a execução dos projetos e garantir o atendimento habitacional à faixa mais carente da população.

A Cohab participou dos empreendimentos fazendo a articulação entre a Prefeitura, Caixa Econômica Federal e empresa construtora e atuou também na identificação e cadastramento da demanda. Além disso, trabalhou na preparação das famílias para o processo de mudança e para a vida em comunidade, vai auxiliar no reassentamento e fazer o acompanhamento social dos moradores por um período de seis meses após a transferência para a casa nova.

Subsídio – As famílias contempladas com apartamentos no residencial Imbuia   haviam sido sorteadas, conforme prevê a normativa do programa Minha Casa, Minha Vida. Já os moradores de áreas de risco que serão reassentados no residencial Aroeira foram atendidos em função da precariedade de sua situação habitacional.

Eles foram cadastrados pelo serviço social da Cohab nas Vilas onde moram: Santos Andrade, Parolin, Bom Jesus, Hakim, Paraíso, Higienópolis I, II e III, entre outras. O reassentamento será feito com acompanhamento dos técnicos sociais nas próximas semanas.

Tanto as famílias da fila quanto as reassentadas assinaram contrato de aquisição das unidades com a Caixa Econômica Federal. As unidades que elas receberam têm um custo de até R$ 55 mil. No entanto, as famílias pagarão no máximo R$ 9.600 ao longo do período de 10 anos, porque o programa MCMV prevê subsídio aos compradores, para possibilitar que a faixa mais carente da população tenha acesso ao imóvel próprio.

Os moradores dos dois residenciais pagarão prestações mensais entre R$ 25 e R$ 80 (ou o equivalente a 5% da renda familiar) e, ao final do prazo de 10 anos, o imóvel será quitado. Entretanto, a venda para terceiros é proibida. Caso isso ocorra, a família será desligada do programa e não poderá mais ter acesso a um novo imóvel em qualquer local do território nacional.
 

« voltar
 

Rua Barão do Rio Branco, 45 - Centro - Curitiba - PR | CEP: 80010-180 | Fone: 0800-413233 - (41) 3221-8100

Desenvolvido por GPA'prospera