Publicado em 2/3/2015 10:45:59 AM

Em 2 anos fila da Cohab diminuiu 8,3%

Em janeiro de 2013 eram 81 mil inscritos. Número hoje caiu para 74 mil

A fila de pretendentes a um imóvel próprio do programa habitacional do município teve uma redução de 8,3% desde que a atual gestão assumiu a prefeitura de Curitiba. Em janeiro de 2013 existiam 81.609 inscrições válidas no cadastro da Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab). Hoje o número caiu para 74.875 famílias inscritas. A entrega de 6,7 mil moradias nos últimos dois anos contribuiu para a queda no número de pessoas que aguardam atendimento habitacional.

Deste total de moradias entregues em 2013 e 2014, 4.592 unidades foram destinadas para inscritos na fila. Outras 2.139 habitações atenderam famílias que viviam de forma precária em ocupações irregulares. “Para continuar possibilitando o acesso à casa própria iniciamos o ano com mais de duas mil e trezentas unidades em obras”, afirma o presidente da Cohab Ubiraci Rodrigues.

Outro fator que colaborou para a diminuição no tamanho da fila é a exclusão de inscrições que não são renovadas. Pelas normas do programa habitacional do município, quem se inscreve na fila da Cohab deve renovar anualmente o seu cadastro. A atualização da inscrição pode ser feita online, pelo site da Companhia ou na página de serviços ao cidadão do site da Prefeitura de Curitiba.

“Se a pessoa não renovou a inscrição ela está sinalizando que não tem mais interesse em aguardar um imóvel popular. Famílias que melhoraram de renda nos últimos anos acabam buscando imóveis no mercado e saem da fila da Cohab”, explica Rodrigues.

Para evitar que pessoas que ainda tem interesse em permanecer na fila esqueçam de efetuar a renovação, a Cohab envia três avisos alertando para a data de vencimento. Na ocasião da inscrição, o candidato recebe um comprovante impresso, onde está informada a data de renovação do cadastro. O inscrito fornece um e-mail para contato e a Cohab envia os alertas 90, 60 e 30 dias antes do fim do prazo.

Os critérios para atendimento aos inscritos na fila da Cohab dependem da faixa de renda familiar. Segundo as normas do programa federal Minha Casa Minha Vida a seleção de famílias da faixa 1 (até R1,6 mil) acontece por sorteio, realizado em sessão pública. Já para a faixa 2 (entre R$ 1.601 e R$ 3.275) as convocações levam em conta o tempo de inscrição.

É importante que as pessoas mantenham o cadastro com informações atualizadas, em especial a respeito da renda familiar. “Informações inverídicas podem gerar uma convocação equivocada e na hora de apresentar a documentação necessária, a pessoa pode ter o seu financiamento reprovado pela Caixa Econômica”, salienta Rodrigues.

« voltar
 

Rua Barão do Rio Branco, 45 - Centro - Curitiba - PR | CEP: 80010-180 | Fone: 0800-413233 - (41) 3221-8100

Desenvolvido por GPA'prospera